Britney Spears
A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Mais uma bomba envolvendo Britney Spears. Depois da repercussão negativa envolvendo a internação de Britney e das suspeitas da Forbes de que alguém do círculo próximo da cantora estaria roubando seu dinheiro, agora uma antiga carta da cantora sugere que ela estaria sendo enganada. O jornal Daily Mail, da Inglaterra, publicou nesta quinta-feira (dia 30) uma carta escrita a mão – supostamente pela própria Britney Spears.

No texto, a Princesa do Pop fala sobre si mesma na terceira pessoa e explica ter sido enganada e também silenciada por sua própria equipe durante a fase turbulenta que viveu no ano de 2008 – o que acabou motivando o início de sua tutela pelo pai.

VEJA TAMBÉM: Cristiano, da dupla com Zé Neto, abandona show para fazer cirurgia as pressas

Britney resolveu acusar sua equipe de controlar sua vida por meio de ameaças. Sempre que a cantora quer revelar toda a situação, revertê-la ou até mesmo se defender, pessoas lhe ameaçam de ficar sem os filhos. “As pessoas controlando a vida dela ganharam US$ 3 milhões neste ano. Ela amaria novos olhos observando a situação, mas se ela fizer qualquer coisa, é ameaçada constantemente que seus tutores levarão seus filhos para longe”, afirma a carta, “o comportamento dela quando tomaram as crianças dela de se trancar no banheiro é compreensível, considerando que o amigo dela na porta ficou dizendo: ‘Não se preocupe, os policiais estão indo embora, continue trancada’. Mentiram para ela e armaram para cima dela”.

Na carta, cuja autoria ainda não foi confirmada, Britney também comenta sobre o ex-marido Kevin Federline. A cantora deixa claro que o antigo esposo se aproveitava de toda situação para sair de vítima, mas que na verdade quando ela foi visitá-lo em Nova York, ele optou por não ver as crianças. “Ninguém fala sobre essas coisas porque ninguém sabe a verdade”, afirmou o texto supostamente escrito por Britney.