Emicida apoia Dani Calabresa após acusações de assédio sexual contra roteirista da Globo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã desta sexta-feira (04), nós acordamos com uma matéria da revista Piauí, feita pelo colunista João Batista Jr., qual traz os detalhes das acusações de assédio sexual contra o roteirista da Globo, Marcius Melhem. A humorista Dani Calabresa, foi uma das primeiras mulheres a relatar os supostos abusos sofrido, com isso, diversos artistas saíram em apoio a atriz, incluindo o rapper Emicida.

Em seu Twitter, o músico publicou a matéria feita por João e argumentou: “Todo apoio as vítimas!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Áudios de Anitta sobre Iggy Azalea, Preta Gil, Ludmilla e Simaria vazam na web

Na matéria feita por João Batista Jr., ele traz detalhes que nunca tinham vindo a público. Entre eles, o jornalista fala sobre supostas passadas de mão de Marcius Melhem em Dani, além de que, segundo o colunista, o ator teria tentado agarrar a loira, e tirado o pênis para fora da calça.

Ainda de acordo com a reportagem, em outro momento, o ex-roteirista da Globo culpou Dani Calabresa, alegando que ele só fez isso pois ela estava ‘muito gostosa’. Você pode ler a matéria completa clicando AQUI.

Dani, por sua vez, publicou uma mensagem em seu Instagram:

Nunca quis ser vista como uma mulher assediada.. mas pra recuperar minha saúde precisei me defender. Nunca procurei a Imprensa. Tomei as medidas cabíveis pra conseguir ajuda. Tudo é muito difícil, DA MEDO, vergonha, mas temos que lutar por respeito e justiça. Não passarão. Assédio é crime!”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio