Freddie Mercury
O cantor zanzibense Farrokh Bulsara mais conhecido como Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

No meio dos anos 70, mais precisamente em 1976, a banca Sex Pistols era nova e pouco conhecida, com apenas um single lançado, enquanto o Queen estava no auge e se preparava para o quinto álbum de sua carreira. Com isso, sem querer, o vocalista Freddie Mercury ajudou a banda de punk rock a estourar, como lembra o site Biography. 

A única ligação que eles tinham era por conta da gravadora EMI Records. Por isso, quando a banda de Freddie Mercury cancelou uma apresentação no programa Today, apresentado por Bill Grundy, a gravadora ofereceu  os Sex Pistols como substitutos para a entrevista.

LEIA TAMBÉM: Anitta pode ter revelado nome do próximo álbum em live

O programa Today era ao vivo e passava às seis da manhã na televisão britânica. A entrevista durou apenas três minutos, entretanto, a partir deste momento o grupo entrou para a história com os palavrões dos integrantes e reação do público.

Quando o apresentador flertou com Siouxsie Sioux, que acompanhava a banda, Steve Jones o chamou de “velho sujo e safado”, e Grundy provocou a banda para “dizer algo ultrajante” e recebeu novos insultos. A entrevista acabou logo em seguida e, de acordo com o The Guardian, a emissora recebeu diversos telefonemas para reclamar do vocabulário, contando com o fato de que era a terceira vez que um palavrão era dito ao vivo na história televisão do país. Grundy foi suspenso do cargo logo em seguida. 

A banda ganhou enorme publicidade com o escândalo. Apesar de terem perdido o contrato com a EMI Records e terem shows cancelados, em seguida encontraram uma nova gravadora, onde lançaram o single “God Save The Queen” e o álbum Never Mind the Bollocks (1977).