Escravos? Mídia coreana diz que BTS são maltratados por empresários

Os grupos de K-pop sofrem nas mãos de grandes gravadoras, afirma a reportagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A mídia norte-coreana revelou que o BTS e o BLACKPINK são tratados como escravos.

Arirang Meari divulgou uma reportagem sobre cantores sul-coreanos famosos e estrelas ídolos sendo tratados como escravos por suas empresas. O meio de comunicação declarou:  “Recentemente, jovens cantores famosos da Coreia do Sul foram forçados a viver em uma vida miserável por grandes empresas. Cantores como BTS e BLACKPINK assinam contratos de exclusividade com grandes empresas de entretenimento, como a SM Entertainment, em uma idade jovem, como no ensino fundamental ou ensino médio, e recebem o treinamento para se tornar um cantor. “

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Românticos! Anitta e Lipe Ribeiro aproveitam viagem luxuosa em Punta Cana

Também foi alegado que as estrelas ídolos são impedidas de deixar seus dormitórios e só podem dormir 2 a 3 horas por dia. Arirang Meari continuou: “Muitas cantoras que sofrem humilhação e insultos sob o duro processo de treinamento também são forçadas a atender sexualmente a políticos e homens de negócios. Muitas jovens cantoras sofrem enorme pressão mental e vivem como se estivessem em uma prisão sem grades, mesmo tirando suas próprias vidas enquanto deixam um testificando como a vida é sufocante. “

O meio de comunicação afirmou ainda que essas alegações são bem documentadas pelos meios de comunicação sul-coreanos e ocidentais também. Os relatórios surgem em meio à crescente popularidade do K-pop da Coreia do Sul entre os jovens norte-coreanos

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio