A dupla Jorge e Mateus
A dupla goiana Jorge e Mateus (FOTO: Reprodução)

O rompimento entre a dupla Jorge & Mateus e o badalado escritório AudioMix, do empresário Marcos Araújo, vem causando uma disputa milionária na Justiça. Os músicos e a empresa trabalharam juntos por mais de 10 anos e, no ano de 2019, decidiram encerrar a parceria.

Marcos Araújo, muito conhecido no meio sertanejo como Marquinhos, estaria processando a dupla e pedindo uma indenização altíssima no valor de R$ 31 milhões pelo rompimento do contrato. As informações foram publicadas pelo jornalista Leo Dias, com a colaboração do influencer Renato Sertanejeiro.

O advogado da AudioMix, Roberto Fonseca, argumenta que, caso as partes não consigam chegar a um acordo, o escritório de talentos pretende cobrar na Justiça os altíssimos valores referentes ao rompimento de contrato. Na época da assinatura da parceria, o valor era R$ 15 milhões. Porém em valores corrigidos, a soma já estaria na casa dos R$ 31,7 milhões, mais que o dobro.

A defesa de Jorge & Mateus, porém, afirma que o contrato não previa um prazo determinado para acabar. De acordo com os advogados da dupla, 10 anos seria um tempo razoável de parceria, sem levar em consideração a demanda da AudioMix. A defesa alega ainda que o valor jurídico do documento acabou em abril de 2017. A dupla sertaneja pretende criar o próprio escritório e administrar a própria carreira a partir de agora.

VEJA TAMBÉM: Foto de Gusttavo Lima beijando outra mulher viraliza na web; saiba a razão!

Depois de perder Jorge & Mateus, a AudioMix fez um grande barulho no mercado e passou a controlar a agenda de Gusttavo Lima (atual número no país), Luan Santana e do DJ Alok. Para ler a matéria completa publicada por Leo Dias clique aqui!