Especialistas comentam fala polêmica sobre DIU de Britney Spears

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Britney Spears falou diante de tribunal pela primeira desde que abriu o processo legal para tirar seu pai, Jamie Spears, do cargo de conservador de seu patrimônio, em agosto do ano passado. Desde 2008, ele está encarregado da carreira e das finanças de sua filha.

Em seu depoimento, Britney Spears fez uma revelação chocante sobre ter um DIU em seu corpo, mas não ter permissão para retirá-lo. “Eu quero poder me casar e ter um filho. Me disseram que não posso me casar ”, disse a estrela de 39 anos, que está namorando Sam Asghari, ao tribunal nesta quarta-feira (23). “Tenho um DIU em meu corpo agora, que não me deixa ter um bebê e meus tutores não me deixam ir ao médico para retirá-lo.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, a presidente da organização de planejamento familiar Planned Parenthood, Alexis McGill Johnson, divulgou uma declaração em solidariedade à Britney e todas as mulheres que enfrentam “coerção reprodutiva”.

“Somos solidários com Britney e todas as mulheres que enfrentam coerção reprodutiva. Sua saúde reprodutiva é sua – e ninguém deve tomar decisões sobre isso por você ”, escreveu ela, também adicionando a hashtag #FreeBritney.

VEJA MAIS: Luísa Sonza acusa YouTube de boicotar novo clipe por ‘conteúdo explícito’

Além disso, a Dra. Krishna Upadhya, vice-presidente de cuidados de qualidade e igualdade na saúde da Planned Parenthood Federation of America, disse à CBS que a situação de Britney “é inaceitável e destaca a questão crítica da coerção reprodutiva”.

“Infelizmente, é muito comum que as pessoas vivam relacionamentos em que alguém abusa de seu poder e exerce controle sobre as decisões reprodutivas de outra pessoa”, acrescentou a médica. “Ninguém deve ser pressionado a tomar uma decisão sobre se deve ou não usar métodos anticoncepcionais, ou qual método usar e quando.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio