A legendária banda britânica The Beatles (FOTO: Reprodução)

Teria sido a esposa de John Lennon, Yoko Ono culpada da separação dos Beatles, anunciada em 1970? A alegação, embasada cronologicamente no relacionamento do músico, afirma que a convivência entre os astros ficou difícil após a chegada de Ono. Por Aventuras Na História.

John fazia questão de levar a amada para os ensaios e gravações em estúdio com a banda. Os conflitos, no entanto, não iniciaram com ela; o grupo já enfrentava brigas pessoais entre os membros sem a interferência da jovem — mas ela pôde somar no desentendimento.

Yoko Ono acompanha os Beatles em ensaio fotográfico da banda
Beatles e Yoko Ono (FOTO: Reprodução)

Uma das mais antigas respostas sobre o caso partiu de George Harrison: “Seria injusto colocar em Yoko Ono toda a culpa por nossa separação, porque àquela altura já estávamos todos cheios. Mas talvez ela tenha sido a catalisadora”.

VEJA TAMBÉM: Simone, dupla de Simaria, revela detalhes sobre prisão: “Muito torturante”

George Harrison costumava ter uma cota de duas composições por álbum, mas estava descontente com o número pelo sucesso de músicas anteriores e brigava por um aumento. Lennon e Paul McCartney também brigavam por composições e já não compunham juntos.