Rennan da Penha
O DJ e produtor carioca Rennan da Penha (FOTO: Reprodução)

Lorena Vieira, esposa do produtor Rennan da Penha, usou sua conta no Twitter para desabafar sobre a perseguição ela e o marido que sofrem da PM.

“A PM agora fica tirando foto do carro do Renan, explanando a placa e dizendo que é carro de bandido em grupo”, revelou.

E continuou: “Recebemos um áudio de um pm agora, mandando “PEGAR” por que estávamos “BOIANDO SOZINHOS””.

VEJA TAMBÉM: Ludmilla convida Rennan da Penha para produzir canção com Cardi B

“Por isso fomos parados ontem aqui no Recreio com 5 fuzil na nossa cara”, disse, revoltada com a situação.

A empreendedora ainda completou: “Vão perseguir quem vocês tem que perseguir! Melhore seus soldados nojentos e podres!”.

E ainda chocou a todos ao dizer: “Se alguma coisa acontecer com a gente já sabem, meu povo”.

Lorena ainda compartilhou uma publicação onde um internauta criticava a a polícia: “Vocês não conseguem ver um preto livre e bem? Querem sempre nos ver nos piores espaços? Vergonha demais esse trabalho que vocês fazem”.

Ano passado, Rennan foi condenado a seis anos e oito meses de prisão em regime fechado por suposta associação ao tráfico. O DJ, que é considerado o precursor do funk 150 BPM, chegou a ficar preso por sete meses, mas acabou sendo solto depois de ser beneficiado por uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que resolveu seguir um novo entendimento do STF (Supremo Tribunal Federal) contra prisão após a condenação em segunda instância.