di ferrero
O cantor sul mato-grossense Di Ferrero (FOTO: Reprodução)

Nesta quinta-feira (dia 19), Di Ferrero realizou uma transmissão ao vivo em sua conta no Instagram e atualizou os fãs sobre o seu real estado de saúde. O artista foi a primeira personalidade brasileira do mundo da música a ser diagnosticada com coronavírus no início de março.

No dia 9 eu fui ao hospital me sentindo mal. Estava sentindo muita falta de ar, já estava com febre. Estou me sentindo bem melhor. Anteontem, parei de tomar meus remédios. Faz dois dias que estou sem remédio. Continuo me cuidando, tomando muita água, vitamina C e cuidando da minha imunidade para ela ficar lá em cima. Minha voz está melhor, meu pulmão está menos cheio e já estou expectorando. Segundo os meus médicos, já estou curado e sem o vírus. Não estou mostrando o exame porque a demanda está muito grande. Se eu for lá fazer o exame, vou tirar a oportunidade de alguém que precisa fazer“, afirmou.

Casado com a modelo Isabeli Fontana, o ex-líder da banda NX Zero vem se mantendo em quarentena durante sua estadia em Florianópolis, e aproveitou o isolamento para conscientizar os fãs.“Já estou há dez dias sozinho. A gente tem que ficar unido (virtualmente) para se juntar depois”, declarou. Ainda durante a transmissão, Di Ferrero falou sobre um mal entendido que aconteceu envolvendo seu nome após o comediante Afonso Padilha fazer um espetáculo e brincar como se o cantor estivesse na plateia.

VEJA TAMBÉM: Em isolamento, Di Ferrero enaltece Gloria Groove e recebe conselho da cantora

“Ele é um comediante muito bom. Sempre dou risada das coisas dele. Ele fez um show domingo em Florianópolis, fez umas piadas como se eu tivesse na plateia. Claro que eu não estava. Ele é comediante, estava fazendo uma piada. A galera começou a me xingar como se eu estivesse lá. Entrei em contato com ele. Ele vai tirar (da apresentação). Está sendo solícito em tirar. A galera não entende que é piada. Nestas horas a galera está muito estressada, com os nervos à flor da pele. A galera que está me xingando, pensa bem. Eu cancelei minhas coisas há uns dez dias. Ele falou, se retratou e ele vai tirar. O problema é a gente apontar o dedo para o outro. Estou em casa há dez dias. Tenho como provar”, assegurou.