O ex-coreógrafo do Boi Caprichoso, Erik David (Foto: Facebook/Divulgação)

O ex-coreógrafo do Boi Caprichoso, Erik David, morreu na noite deste domingo (13), em Manaus, vítima da Covid-19. O comunicado foi divulgado na página oficial do grupo no Facebook. O artista ficou à frente das coreografias até 2016.

Em nota, o presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato e o vice, Karu Carvalho, lamentaram a morte de Erick e prestaram condolências à família do artista, declarando que ele “se torna uma das estrelas da constelação azulada no firmamento azul e branco”.

“Ele foi um artista que nunca poupou dedicação ao nosso touro negro. Esteve durante muitos anos ao lado dos itens femininos e sempre foi um amigo que buscava incentivar as mulheres do Caprichoso”, pontua outro trecho do comunicado.

O Caprichoso é um dos dois bois que disputam o Festival Folclórico de Parintins. É o Boi das cores azul e branco, seu símbolo é uma estrela azul, a qual ele ostenta em sua testa. O nome, Caprichoso, teria um significado intrínseco a ele, isto é, pessoas cheias de capricho, trabalho e honestidade.

VEJA TAMBÉM: Bruno alfineta Gusttavo Lima após divórcio com Andressa: “Não pode largar”