kurt cobain
O cantor norte-americano Kurt Cobain (FOTO: Reprodução)

Durante uma recente entrevista à Music Business Worldwide, Danny Goldberg, ex-empresário do Nirvana, compartilhou alguns detalhes sobre como Kurt Cobain caiu no problema da heroína após seu enorme sucesso em 1991. 

Danny deu um detalhe trágico e disse que o problema de heroína de Kurt Cobain foi desenvolvido após seu enorme sucesso com o álbum Nevermind, em 1991.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Leia a declaração:

Foi muito agradável! Eu tinha 40 anos, estava no ramo desde os 19 e tive vários momentos de sucesso dos quais me orgulhava muito, mas nada como ser um dos gerentes do artista zeitgeist do mundo, não apenas incrivelmente bem-sucedido, mas também incrivelmente influente e respeitado pelos críticos. Foi extremamente emocionante.

Infelizmente, esse sentimento de euforia durou muito pouco. O Nevermind saiu no final de setembro, e apenas três meses e meio depois, eu e várias outras pessoas, percebemos que Kurt havia desenvolvido um grave problema com heroína.

Eddie Vedder recentemente quebrou seu silêncio sobre Kurt Cobain. Goldberg e acrescentou: “Um problema de heroína é muito doloroso e difícil de lidar, se você é um artista ou não, se é bem-sucedido ou não.

Mas trabalhar com Kurt, conhecê-lo, vê-lo realizar o que fez, escrever essas músicas, tocar naqueles shows, foi uma das minhas melhores experiências. Não há muitas pessoas com o mesmo nível de kurt na história do rock n roll.

Então, essa parte foi tremendamente emocionante e agradável. Mas quando ele estava com dor, física ou emocional, e eu não conseguia descobrir como fazer a dor desaparecer, essa parte foi incrivelmente triste. Essas coisas coexistiram.