O rapper norte-americano R. Kelly (FOTO: Reprodução)

Após romper seu relacionamento com o rapper R. Kelly no início de 2020, Azriel Clary decidiu começar a colaborar como testemunha em processos judiciais contra o músico. A ex-namorada do artista optou por se juntar a promotores responsáveis por casos de crimes sexuais supostamente cometidos pelo músico. 

Na última semana, os promotores revelaram ter descobertos algumas imagens feitas durante a relação do casal, e Clary afirmou que Kelly teria lhe forçado a comer as próprias fezes. “Existe um vídeo em que estou fazendo fezes em um copo e ele me obriga a comer depois”.

VEJA TAMBÉM: R. Kelly é denunciado por crimes sexuais com menores de idade

Uma audiência envolvendo um dos diversos casos de R. Kelly em Chicago foi adiada para 13 de outubro, para que os promotores possam examinar algumas evidências recém-obtidas. Entre tantas acusações que envolvem o músico algumas são relacionadas à pornografia infantil, sedução de uma mulher e conspiração para fraudar o governo dos Estados Unidos. 

Recentemente, Kelly foi acusado de suborno por se casar com Aaliyah em 1994, quando a falecida cantora tinha apenas 15 anos.