Nesta quarta-feira (03), a jornalista e escritora Swellen Sauer, ex-namorada de Nego do Borel, prestou depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher no Rio de Janeiro.

A influenciadora digital Crislaine Gonçalves também era aguardada, a atriz Duda Reis e a modelo Julia Schiavi tinham depoimentos previstos para está quarta por precatória, já que ambas estão em São Paulo.

Swellen Sauer prestou depoimento hoje no caso que envolve seu ex, o cantor Nego do Borel - Kelly Ribeiro/UOL
(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Drake fará pausa na carreira por motivos de saúde e cirurgia

Relembre:

Duda Reis utilizou o Instagram no dia 13 de janeiro, para acusar o ex-noivo, Nego do Borel, de agressões físicas. “Passei três anos achando que amor era apanhar e depois receber um beijo. Sendo que amor não é isso”, afirmou a atriz e influenciadora.

Duda revelou que Nego contratou uma advogada criminalista especializada em crimes contra a mulher e que a profissional estaria ajudando o músico a se desvencilhar das suspeitas de agressão. “Eu era muito manipulada e tinha muito medo. Ele me ameaçava, dizia que eu brigava com cachorro grande e que iria mandar matar minha família. Às vezes que me expus aqui a favor, eu era obrigada a fazer isso porque tinha medo. Me sentia um rato num beco sem saída. A pior sensação do mundo”, declarou.

Reis assegura que era dependente emocionalmente de Nego do Borel, declarando que era manipulada psicologicamente por ele. “Ele dizia que nenhum homem iria me querer, que nenhum homem seria capaz de amar uma mulher como eu. Eu apanhava e depois recebia amor”, acrescentou.

A atriz aponta um caso em que afirma ter sido agredida por Borel em frente a um amigo do músico. “Teve um episódio que ele me empurrou tão forte que eu caí em cima de várias cadeiras e me machuquei. O amigo dele, que é uma figura pública, entrou no meio para tentar segurar”, declarou.