Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

Victória Villarim, ex-noiva do sertanejo Eduardo Costa, revelou, em uma carta enviada nesta segunda (dia 6) ao jornalista Leo Dias, ter recebido ameaças de morte do irmão do cantor.

Segundo ela, as ameaças ocorreram supostamente a mando do antigo noivo, por causa do novo namoro dela com o músico Clayton Lemos (da dupla Clayton e Romario), ex-amigo e confidente de Eduardo Costa.

No relato, Victoria afirma ter recebido uma mensagem de áudio de Weliton Costa “ameaçando matar todas as pessoas que estiverem ao meu lado!”.

Eduardo Costa, em conversa com Leo Dias, se defendeu afirmando que tais áudios são falsos e que o WhatsApp de seu irmão “deve ter sido clonado”.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Meu irmão jamais ameaçaria alguém. Se alguém recebeu áudio, esses áudios são falsos. Hoje em dia, estão clonando os WhatsApp de todo mundo e, inclusive, o meu WhatsApp foi clonado há poucos dias! Meu irmão ficou nervoso, sim, como todos os meus amigos ficaram! Essa conversa aí não procede. É invenção! Ficam inventando essa história de que meu irmão fica ameaçando ela! Hoje em dia, tem muitas vozes parecidas! Você liga o rádio todos os artistas têm voz parecida!”, disse o cantor.

Eduardo ainda acrescentou: “Se alguém mandou, pode ter sido clone no WhatsApp dele que, infelizmente, aconteceu na mesma época em que aconteceu tudo isso! Ou alguém tá fazendo algum tipo de brincadeira com a história da foto que aconteceu lá atrás! […] Não quero julgar ninguém nem tomar decisões precipitadas, mas pode acontecer. Tem várias pessoas com vozes parecidas!”.

De acordo com Victória, depois do envio do áudio com diversas ameaças, o irmão do astro sertanejo postou nas redes sociais várias indiretas intimidadoras, onde Weliton aparece portando uma arma e com frases como “Se queres paz, prepara-te para a guerra” e “Se eu postei na Internet é legal. Só é ilegal o que eu faço escondido”.

Victória revela que não quis tornar o incidente público anteriormente para expor as vidas dela e de Clayton, mas que reviu sua ideia depois de Eduardo Costa negar as ameaças.

Não posso me calar, pois em meu outro relacionamento foi a mesma coisa, ameaças atrás de ameaças. Só quero viver em paz e seguir minha vida, e que ele e toda sua família possam seguir e viver seguir minha vida, e que ele e toda sua família possam seguir e viver em paz“, afirmou a modelo, que garante ter como comprovar todas as ameaças sofridas.

Victória também esclareceu detalhes referentes ao fim do noivado com Eduardo, como o recebimento de uma suposta mesada no valor de 10 mil reais e o valor de um automóvel que ela ganhou do antigo companheiro quando estavam juntos, que seria de 110 mil reais e não 400 mil, como o sertanejo tinha anunciado.

De acordo com a modelo, no acordo, ficou estipulado também um pagamento de 5 mil reais mensais além do aluguel de um apartamento onde ela mora, no valor de 3,5 mil reais.

O sertanejo nega as informações da ex-noiva e afirma que os valores da “mesada” e dos bens que ficaram com Victória são bem maiores do que ela afirma. “Dei um carro, uma [Land Rover] Velar, no valor de 400 mil [reais]. O aluguel dela é 5.500 [reais] por mês, o salário dela é de 5.500 [reais] que eu dou por mês. Foi um trato que eu fiz com ela e nem teve esse negócio de Justiça, nunca teve. Separamos amigavelmente e, para te falar a verdade, quem separou da vitória fui eu!“.

No fim de dezembro, Leo Dias revelou que o atual namorado de Victória, Clayton Lemos, chegou a fazer um registro de ocorrência policial por ameaça contra Eduardo Costa, que já foi padrinho musical e investidor justamente da dupla que o sertanejo mantém com o parceiro Romário. Na época, os assessores de Eduardo negaram quaisquer ameaças. A amizade entre Eduardo e Clayton acabou sendo rompida, pelo fato do astro sertanejo ter descoberto que Clayton estava se envolvendo amorosamente com a ex-noiva Victória.

Leia, na íntegra, a nota de esclarecimento de Victória Villarim.