willow
A cantora norte-americana Willow Smith (FOTO: Reprodução)

Nesta semana, um YouTuber americano chamado Shane Dawson causou a fúria de Will Smith e sua família, ao simular estar se masturbando em um vídeo sexual que o mostra assistindo um clipe musical de Willow Smith, filha do ator de Hollywood.

Outro fato que causou a indignação do clã Smith, foi que no vídeo usado pelo YouTuber, Willow Smith tinha apenas 11 anos de idade. Shane Dawson, que tem quase 23 milhões de inscritos em seu canal, foi detonado por Jada Pinkett-Smith e Jaden Smith, pais da cantora.

“Para o Shane Dawson… Eu estou cansada das suas desculpas”, publicou Jada em seu perfil no Twitter. Dawson vem sendo acusado após vídeos antigos dele virem a tona com ele fazendo blackface e inclusive tirando sarro do clipe de Willow em um dos vídeos. O YouTuber chegou a pedir desculpas públicas pelos vídeos antigos, mas não citou o nome de Willow.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Jaden Smith, que recentemente participou da série The Get Down, da Netflix, confrontou o YouTuber em uma rede social: “Shane Dawson, eu sinto nojo de você. Você está sexualizando uma menina de 11 anos que por acaso é a minha irmã! É a coisa mais distante possível de humor e não é aceitável de forma nenhuma”, desabafou.

Após a descoberta de seus vídeos antigos, Shane teve uma grande queda no número de inscritos e perdeu vários patrocinadores. “Blackface era algo que eu fazia muito. Eu fazia muito no meu canal. Não tem desculpas, literalmente nenhuma desculpa. Eu fiz há seis anos e sabia que era errado, não queria ter feito, mas não fiz o dever de casa. Não me informei sobre a história e porque é errado. Eu achava que estava sendo engraçado. Eu amo pessoas negras, não sou racista. Eu estava tentando ser engraçado”, escreveu Dawson, sem citar o vídeo de cunho sexual em que ele finge se masturbar assistindo Willow quando ela era criança.