Família diz que Michael Jackson foi enganado em entrevista polêmica; Entenda!

Publicado em 5/24/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A família de Michael Jackson alega que o lendário cantor foi manipulado pelo jornalista inglês Martin Bashir durante uma entrevista, em 2003. Recentemente, as autoridades britânicas provaram que o ex-repórter da BBC forjou documentos para conseguir uma entrevista polêmica com Lady Di, em 1996. Agora, os parentes do Rei do Pop também pedem uma investigação.

Em 2003, Jackson também deu uma entrevista polêmica a Martin Bashir, que levantaram ainda mais as suspeitas de pedofilia envolvendo o músico. Na ocasião, o cantor revelou seus hábitos de dividir sua cama com crianças.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a divulgação da conclusão do caso de Lady Di, um dos irmãos de Michael Jackson, Tito, declarou ao jornal Daily Mirror que quer que a entrevista de Bashir com o cantor também seja investigada. A publicação ainda diz que a família Jackson está cogitando entrar na justiça contra o jornalista.

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

Ao The Sun, o paranormal Uri Geller, amigo pessoal de Michael Jackson e quem apresentou Bashir ao músico, revelou que a conversa dos dois só foi possível após o jornalista mostrar uma carta de Diana exaltando suas credenciais. Ele duvida da veracidade do documento.

Tito Jackson disse ao Mirror: “Tanto o Michael quanto a Diana foram vítimas das ambições sombrias e dos golpes sujos do Bashir e ele está finalmente respondendo por isso”.

Já o filho de Tito, Taj Jackson, adicionou: “As manipulações e o jornalismo antiético de Bashir são uma das principais causas do meu tio não estar aqui hoje. Aquele julgamento o destruiu”. E completou: “A minha família também merece uma investigação e um pedido de desculpas”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio