Leandro Lehart
O sambista paulistano Leandro Lehart (FOTO: Reprodução)

Depois de passar dez dias na UTI por causa da covid-19, o cantor Leandro Lehart disse em uma entrevista ao UOL Debate de hoje (18), que está “quase 100% recuperado“.

Ele conta que precisou manter em sigilo sua internação pra não preocupar a mãe que tem 79 anos nem os demais familiares. “Somente cinco pessoas sabiam que ele estava em uma unidade de terapia intensiva. Não contar que eu estava na UTI foi uma escolha perigosa, mas são escolhas difíceis e individuais“, explicou o cantor.

O artista contou ainda sobre como eram os dias enquanto estava internado, cheio de altos e baixos. As sensações de bem-estar e de fraqueza eram quase que constantes. “O vírus é muito traiçoeiro. Ele dá a sensação que está indo embora, aí volta pior.

Para ele, ficar no hospital sempre remetia a uma sensação de estar perdido e sem saber o que fazer. O cantor comparou os dias na UTI com cenas de filmes, que não foram vividas antes.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Após receber alta e continuar em isolamento social, o cantor disse que a terapia é algo que está ajudando ele a superar esse momento tão traumático. “Não estou procurando respostas. Minha terapeuta disse para eu viver assim, seguir adiante, às vezes, você acorda e relaciona algum sintoma com a doença e não tem nada a ver. É necessário resgatar essa confiança aos poucos. E isso é tão difícil quanto achar a cura da doença.” contou.

O cantor está ansioso para que as relações humanas voltem a existir. “Espero que o afeto, o toque, o abraço, o aperto de mão possa voltar logo”, disse. Segundo o artista, é muito importante batalhar por relações de afeto por semanas, meses e anos. “Esse sentimento é imprescindível“, finalizou Leandro Lehart.