kanye west
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Em entrevista ao jornal britânico Sunday Times, o músico John Legend falou sobre seu afastamento do rapper e agora ex-amigo Kanye West. De acordo com o artista, ele e West estão em “momentos diferentes” e o distanciamento dos dois é algo normal, classificado por ele como o “ciclo natural da vida”.

Eu não acho que ele é menos amigo por causa da coisa com o Trump”, disse Legend, citando o desentendimento público que ele e West tiveram há alguns anos após o rapper expor seu apoio ao presidente dos Estados Unidos. “Acho apenas que estamos fazendo as nossas coisas. Ele está em Wyoming. Eu estou em Los Angeles. Nós temos famílias maiores e não tenho mais nenhum relacionamento profissional com ele como artista, então é parte do ciclo natural da vida”.

Os músicos Kanye West e John Legend (Foto: Getty Images)
(FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Legend cantou no casamento de Kanye West com Kim Kardashian, em 2014. No entanto, em 2018, o rapper compartilhou uma mensagem enviada por Legend onde ele questionava seu posicionamento político ao lado de Donald Trump, pedindo que o amigo questionasse seu alinhamento. “Ele está fazendo música gospel. É no que ele está focado no momento, fazendo as roupas dele, então estamos em momentos diferentes”, afirmou John Legend sobre o assunto.

Donald Trump e Kanye West (Foto: Getty Images)

Na época do desencontro entre os supostos amigos, Legend escreveu: “Você é muito poderoso e influente para apoiar quem ele é e o que ele defende. O que você diz significa muito para os seus fãs. Eles são leais a você e respeitam a sua opinião. Muitas pessoas que te amam se sentem traídas porque sabem dos males causados pelas políticas de Trump, principalmente para pessoas da sua cor”.

Junto com o print da mensagem enviada pelo então amigo, West escreveu: “Eu amo você John e valorizo as suas opiniões. Você trazer os meus fãs e o meu legado é uma tática baseada no medo e na manipulação do meu pensamento livre”. Vale lembrar que Donald Trump vem sendo muito cobrado desde o começo do seu mandato por adotar um discurso que endossa indiretamente violência policial contra minorias étnicas.