taylor swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

A antiga gravadora de Taylor Swift, Big Machine Label Group, teve que fechar seus escritórios mais cedo na última semana, após a equipe de funcionários receber ameaças dos fãs da cantora.

O desentendimento entre Taylor, o executivo da Big Machine, Scott Borchetta, e o empresário Scooter Braun, continua dividindo a opinião de personalidades e rendendo assunto na indústria da música.

A cantora chegou a afirmar que Scott Borchetta e Scooter Braun lhe proibiram que ela interprete suas canções músicas no palco do American Music Awards e, por causa disso, Taylor chegou a pedir que seus fãs enviassem mensagens aos dois magnatas pedindo para que eles liberassem os direitos das canções para que ela possa se apresentar. Logo depois do pedido de Taylor, um comunicado da gravadora foi emitido revelando estranhamento que em nenhum momento a cantora esteve impedida de apresentar suas canções.

Uma fonte revelou ao portal Entertainment Tonight que os escritórios da gravadora fecharam ao meio-dia e meia da sexta-feira pois os funcionários da empresa estavam recebendo “ameaças de morte diretas e hostis” dos fã da cantora. Muitos funcionários, não somente apenas Scott e Scooter chegaram a ter suas informações pessoais de contato vazadas pelos supostos fãs de Taylor.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Enquanto toda confusão se armava, representantes da gravadora chegaram a negar as acusações de Taylor e compartilharam um comunicado: “Como parceira de Taylor Swift por mais de uma década, ficamos chocados ao ver suas declarações do Tumblr ontem com base em informações falsas. Em nenhum momento dissemos que Taylor não poderia cantar no AMA ou bloqueamos seu documentário. Na verdade, não temos o direito de impedi-la de se apresentar ao vivo em qualquer lugar”.

View this post on Instagram

Dressing room is lit

A post shared by Taylor Swift (@taylorswift) on

E acrescentaram: “Apesar de nossos esforços persistentes para encontrar uma solução privada e mutuamente satisfatória, Taylor tomou uma decisão unilateral na noite passada de alistar sua base de fãs de maneira calculada. Isso afeta muito a segurança de nossos funcionários e de suas famílias. Taylor, a narrativa que você criou não existe. Tudo o que pedimos é para ter uma conversa direta e honesta. Quando isso acontecer, você verá que não há nada além de respeito, bondade e apoio esperando por você do outro lado”.