O cantor carioca Felipe Dylon (Foto: Reprodução)

Felipe Dylon é um nome conhecido no Brasil inteiro pelo seu sucesso nos meados de 2003 não só na música, mas também em programas e filmes. Porém, seu nome está nos trending topics desta quinta-feira (28) por conta de uma entrevista bombástica. O auge do bate-papo aconteceu quando o cantor avaliou o governo do presidente Jair Bolsonaro: “Tem uma pegada boa”.

No entanto, a entrevista feita ao jornalista Chico Barney, do Uol, tem diversos momentos muito inusitados. Ainda sobre Bolsonaro, Dylon declara que o seu mandato “vinha bem” até começar a pandemia do Covid-19. Para ele, “faltou malemolência” ao presidente para tratar do assunto.

“Provavelmente ele deve sair. Essa questão do corona ter pegado um pouco por conta dele, por outros problemas também dessa parte política, dele ter uma forma um pouco durona de ser, acho que essa forma também prejudicou um pouco”, acredita o intérprete do hit “Musa do Verão”.

Felipe Dylon e Manu Gavassi?

A participação do artista em reality shows como Power Couple, A Fazenda e De Férias com o Ex também foi mencionado na entrevista. “Já tive um reality show muito bacana que eu fiz, na MTV. Para mim foi uma oportunidade muito boa ter feito esse reality. Abriu portas para eu poder mostrar minha realidade, meu dia a dia”, respondeu.

No entanto, ao ser questionado que o seu programa havia acontecido há mais de 15 anos, Felipe deixou no ar a possibilidade: “De certa maneira, até interessa”, desviou o cantor, que acredita ter um intuito diferente de Manu Gavassi, cuja participação no Big Brother Brasil a jogou para o sucesso. “Eu sou um artista um pouco mais da música, que já tem essa proposta um pouco mais musical mesmo, mas claro, já enveredei pela atuação, diversos tipos de outras coisas no campo multimídia”.

VEJA TAMBÉM: Lady Gaga lança sua parceria com BLACKPINK; ouça “Sour Candy”

Ao falar em seguida sobre os artistas que admira, Dylon deixou no ar a sensação de ter “parado no tempo” ao citar bandas que já não estão produzindo há muito tempo.

“Eu gosto muito do Chorão, um grande artista. Ele tem uma pegada muito boa, uma proposta bem interessante. E eu acho muito bacana o projeto Charlie Brown, de certa maneira. Gosto muito do LS Jack, que é uma banda que eu acho que os caras tem uma proposta bem legal. E eu acho que essa questão de ter novos artistas, como a galera do NX Zero, do Fresno, que é uma galera que tem uma pegada, tem uma proposta bem interessante”.

Veja alguns dos tweets mais engraçados sobre a entrevista: