adele
A cantora britânica Adele (FOTO: Reprodução)

Um artigo feito por  Roger Friedman do Showbiz diz que as férias prolongadas de Adele podem fazer com que ela não seja tão bem sucedida em seu próximo trabalho.

Adele lançou seu último álbum em 20 de novembro de 2015. Barack Obama ainda era presidente. A vida era normal, não tinha pandemia. Mais importante, desde que “25” foi um sucesso de vendas, todos os colegas da cantora continuaram trabalhando e lançando músicas.

Sua ausência afetará suas vendas ou sua popularidade? O autor duvida que algo seja igual ao “25”. Cinco anos é uma geração em termos demográficos do ensino médio. Os fãs passam da adolescência ao início dos 20 anos.

Mas enquanto isso, pense no seguinte cenário. Nos últimos cinco anos:

Taylor Swift lançou três álbuns inteiros, “Reputation“, “Lover” e “Folklore“.

Katy Perry lançou dois: “Witness” e “Smile”. Além de ter um bebê e apresentar o “American Idol”.

Ariana Grande teve uma produção similarmente grande: quatro álbuns, incluindo “Dangerous Woman“, “Sweetener“, “Thank You, Next“, e um novo lançamento ainda neste mês.

VEJA TAMBÉM: Além de Caetano Veloso, Chico Buarque também revela apoio a Boulos

Lady Gaga? Bem, ela fez três álbuns, incluindo “Chromatica”, “Joanne” e “A Star is Born”. Além disso, ela estrelou “A Star is Born” e foi indicada ao Oscar.

Selena Gomez, apesar da doença que teria atrasado qualquer um, apenas continuou trabalhando: 1 álbum, 13 singles nos quais ela participou, além de vários trabalhos de atuação, incluindo “Rainy Day in New York” de Woody Allen.

Beyoncé, que teve gêmeos em algum momento, produziu quatro álbuns, incluindo: “Lemonade“, “Homecoming Live Album“, mais “The Lion King: The Gift” e o projeto de vídeo atual “Black is King“, 13 ou 14 singles que ela participou..

Rihanna é a mais mesquinha, mas apenas porque se tornou uma magnata da cosmética: Um álbum, 13 singles.

Com a extensa fase profissional de suas colegas, será que o próximo trabalho de Adele realmente terá um impacto tão grande quanto seus últimos discos? É melhor esperar pra ver. Ou melhor: ouvir!