Fernando Holiday usou funcionários de gabinete em rap que parodia “Um Maluco no Pedaço”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fernando Holiday decidiu ousar em sua campanha de reeleição para vereador. Inspirado na abertura do seriado “Um Maluco no Pedaço”, de Will Smith, Holiday postou a campanha “Um Vereas No Pedaço” em seu canal do YouTube e já acumula mais de 90 mil visualizações.

O político usou a letra da música para fazer diversas provocações à esquerda e ao movimento negro e acabou dando o que falar na web. No dia, o rapper Emicida chegou a criticar a repercussão do vídeo: “Uma pá de gente séria e talentosa, se mata de trabalhar e vocês num dão um RT. Canalha mal intencionado usa a palavra rap, vocês colocam ele na timeline de todo mundo”, disse ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, de acordo com o veículo Diário do Centro do Mundo, a polêmica envolvendo o vídeo vai muito além das críticas.

Tudo porque o político utilizou assessores do seu gabinete e de um deputado ligado ao MBL na propaganda, gravada em um horário em que eles deveriam estar trabalhando.

Três assessores de Holiday participaram da produção. São eles: o assessor de gabinete Lucas Pavanato de Oliveira, que recebe R$ 4,8 mil de salário, o assessor especial Vitor Hugo Liasch Siqueira, que ganha R$ 4 mil, e Caue Del Valle de Araujo que é chefe de gabinete de Holiday e recebe R$ 19 mil.

(Assessores de Fernando Holiday na gravação/Foto: Reprodução Diário do Centro do Mundo)

Além disso, Augusto Zacarias Correa Leite, que recebe R$ 6,3 mil para atuar como assistente parlamentar do deputado estadual Arthur MamãeFalei Moledo do Val, também aparece no clipe.

(Augusto Zacarias Correa Leite/Foto: Reprodução Diário do Centro do Mundo)

De acordo com os registros feitos nos Stories do Instagram, a gravação do clipe de Holiday teria ocorrido às 15hrs, durante o horário que ele e seus assessores deveriam estar trabalhando para a Câmara Municipal de São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio