Festa de mãe de Lexa é interrompida por policiais no Rio de Janeiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite da última terça-feira (01), a mãe de Lexa, Darlin Ferratry teve a presença indesejada da polícia militar em sua casa, no Rio de Janeiro. O motivo? Ela estava dando uma festa e acabando com a paz dos vizinhos.

Segundo publicado pela colunista Fábia Oliveira, um dos condôminos disse que a festa começou às 16h de terça, com direito à música alta e discurso da empresária na caixa de som, e rolou até por volta das 22h, quando a PM chegou ao local.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto parece que a presença da polícia não intimidou a mãe da cantora, isso porque minutos após a saída dos policiais, Darlin teria ido para a rua, gritando para os moradores que ficaria na piscina até às 6h da manhã. Novamente então, os vizinhos chamaram a Polícia Militar, que retornou ao condomínio por volta da meia-noite. A mãe de Lexa não saiu de casa e o síndico do condomínio foi quem recebeu os policiais.

Darlin Ferratry e Lexa (FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Ludmilla é a primeira negra latina a conquistar 1 bilhão de streams!

Fábia Oliveira então procurou a empresária que disse: “Eles (os policiais) vieram aqui. Foram cordiais comigo e eu com eles. Ontem foi aniversário, fiz um karaokê, eles pediram para eu abaixar(o volume da caixa de som) e eu abaixei. Eu, meus dois funcionários que estão passando a quarentena comigo e meu noivo“.

Vale lembrar que a mãe de Lexa já teria sido notificada algumas vezes pelo condomínio e recebido cerca de R$ 11 mil em multas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio