CHRIS CORNELL
O cantor norte-americano Chris Cornell (FOTO: Reprodução)

A filha do falecido vocalista do Audioslave, Chris Cornell, a musicista Toni Cornell, compartilhou um clique raríssimo do seu pai em uma sessão de fotos em Los Angeles do músico com a banda. O falecido vocalista do Audioslave e também do Soundgarden, Chris Cornell, que sofria de depressão, faleceu tristemente após uma performance no Fox Theatre no ano de 2017. Sua morte trágica foi registrada como um suicídio após um enforcamento num quarto de hotel.

Toni, que também é artista, mostrou suas saudades do pai, compartilhando essa rara foto de Chris e dizendo que pensa nele com frequência. Dessa forma, Toni também mostrou o quanto ela continua o amando. Confira o que Toni Cornell compartilhou através dos Stories do Instagram abaixo.

Na semana passada, Toni Cornell compartilhou uma linda e rara foto de infância com seu pai em sua conta oficial do Instagram e mostrou como ele era um pai adorável. Na legenda, ela escreveu “One Love” para expressar seus sentimentos sobre Chris. O último dia 18 de maio, foi marcado pelo terceiro ano completado desde a morte de Chris Cornell.

VEJA TAMBÉM: Filha de Mick Jagger posa de sutiã em vídeo de grife íntima de luxo

Confira o post de Toni no Instagram abaixo.

View this post on Instagram

ONE LOVE #daddyforevergotyou

A post shared by Tøni Cørnell (@tonicornell) on

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

O assunto é tão complexo que muitas pessoas evitam falar a respeito, o que nem sempre é a melhor decisão. Um problema dessa magnitude não pode ser negligenciado, pois sabe-se que o suicídio pode ser prevenido. Uma comunicação correta, responsável e ética é uma ferramenta importante para evitar o efeito contágio.