O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

O filho de Lisa Marie Presley e neto de Elvis Presley, Benjamin Keough, morreu de um aparente suicídio segundo informações do site TMZ. Fontes policiais dizem que Ben teria morrido neste domingo (dia 12) na região de Calabasas devido a um disparo de arma auto-infligido.

O empresário de Lisa, Roger Widynowski, entrou em contato com o TMZ e afirmou: “Ela está completamente de coração partido, inconsolável e arrasada, mas tentando permanecer forte por suas gêmeas de 11 anos e sua filha mais velha, Riley. Ela adorava aquele garoto. Ele era o amor da vida dela. “

Bastante reservado, Benjamin era filho de Lisa e músico Danny Keough. Sua irmã era a atriz Riley Keough, que esteve em vários filmes ao longo dos anos, incluindo “Mad Max: Estrada da Fúria”, de 2015. Ben manteve um perfil discreto ao longo dos anos e a única coisa pela qual ele era conhecido eram por suas semelhanças físicas com o famoso avô.

untitled 1 75.jpg - People Found Resemblance Between Late Elvis Presley And His Grandson

Lisa Marie Presley chegou a escrever uma música sobre Ben chamada “Storm and Grace” sendo que Storm era o nome do meio do filho da artista.

VEJA MAIS: Eduardo Costa alfineta protestos e compara manifestantes a “bandidos”

O neto de Elvis Presley também era músico e chegou a fechar um contrato de gravação em 2009 no valor de US $ 5 milhões. Ele chegou a ter alguns créditos de ator em seu nome, mas além disso, muito pouco chegou a ser realmente noticiado sobre sua vida pessoal e profissional. Além disso, Ben possuía inclusive poucas postagens nas redes sociais. Uma das últimas vezes que ele foi visto com a família foi durante o aniversário de 40 anos da morte de Elvis, durante uma vigília em Graceland. Benjamin tinha 27 anos.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

O assunto é tão complexo que muitas pessoas evitam falar a respeito, o que nem sempre é a melhor decisão. Um problema dessa magnitude não pode ser negligenciado, pois sabe-se que o suicídio pode ser prevenido. Uma comunicação correta, responsável e ética é uma ferramenta importante para evitar o efeito contágio.

Centro de Valorização da Vida

Uma das entidades que ajuda pessoas com pensamentos tristes e depressivos é o Centro de Valorização da Vida, o CVV. A organização existe há anos graças ao trabalho voluntário de centenas de pessoas. O atendimento é gratuito e pode ser feito por telefone e internet. O telefone que tem cobertura para todo Brasil é 188.