michael jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução)

A filha de Michael Jackson, Paris, está furiosa com o assassinato sem sentido de George Floyd e está pedindo a seus milhões de seguidores que intensifiquem e ajudem a fazer algo a respeito!

Paris Jackson foi ao Instagram para compartilhar uma mensagem sobre o choque e o horror do assassinato de outro homem negro desarmado nos Estados Unidos – e para lembrar ao município que isso acontece há muito tempo. Em sua declaração, Paris pede que as pessoas não repassem a história mostrando o que ela chama de ‘pornô de trauma’, mas que realmente se levantem e ajudem a fazer algo sobre o problema.

Paris Jackson: ‘Outra vida inocente tomada sem motivo’

“Estou com o coração partido por mais uma vida inocente tirada sem motivo. Pelo que deduzi, esse foi um homem bom, um homem de paz. No entanto, não estou chocado. O que me enfurece. É um incidente chocante, e ainda assim aconteceu tantas vezes e ainda não houve mudança – quantos floyds de george – quantos martins de trayvon?” comenta Paris.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

Ela continua: “Havia mais de 100 afro-americanos desarmados mortos e baleados em 2015, e tenho certeza de que esse número só aumentou desde então. Isso não está bom. O que também não está bem, são as pessoas que publicam os vídeos … história, não o pornô do trauma. não deve levar vídeos como esse para fazer as pessoas fazerem algo a respeito. isso está acontecendo há muito tempo”.

Foto: Reprodução/Wikimedia

Vale ressaltar que, Paris Jackson é filha do rei do pop Michael Jackson e depois de sua morte, ela foi criada por sua família – incluindo a avó Katherine.

Paris Jackson pede que o público pare de explorar os momentos finais de Floyd, e não apenas compartilhe o vídeo e o esqueça até que algo semelhante ocorra.

“É desrespeitoso explorar os últimos momentos desse homem bom”, afirmou Paris. Acrescentando: “Especialmente porque a maioria das pessoas repassa o vídeo e depois o esquece até que outro crime semelhante ocorra. O suficiente. F —- faça algo a respeito”.

Paris Jackson e a avó Katherine (Foto: Instagram)

George Floyd foi morto por um policial de Minnesota, Derek Chauvin, e ele o pressionou na calçada com o joelho no pescoço de Floyd. Um vídeo de celular mostra o policial, que é branco, segurando Floyd por alguns minutos enquanto Floyd reclama que não consegue respirar. Floyd morreu pouco tempo depois em um hospital local.

Protestos contra a morte brutal e injusta de George Floyd provocaram protestos em todo o país contra a brutalidade policial.

Um grupo chegou a se reunir fora da casa do policial envolvido na morte – em um vídeo em cena, compartilhado nas redes sociais, uma mulher grita: “veja quantas. Veja quantas pessoas estão defendendo a casa deste assassino. Veja quantos estão protegendo a casa deste assassino”.