leonardo
O cantor goiano Leonardo (FOTO: Reprodução)

De acordo com a última informação da OMS, mais de 5 mil pessoas já morreram por causa do novo coronavírus no Brasil, mas Jair Renan, filho do presidente Jair Bolsonaro não se dá por vencido. Em um vídeo, o “04” fala que “o novo coronavírus é uma ‘gripezinha’ e que prefere morrer transando do que tossindo”, repetindo o mesmo discurso feito pelo sertanejo Leonardo recentemente em um show.

“Vamos pra rua na pandemia, tá ok? Pô, que pandemia, malandro? Isso é história aí da mídia, pra trancar você em casa, achar que o mundo tá acabando. Pô, é só uma gripezinha, irmão, vai tomar no c*. Peguei, passou. Prefiro morrer tossindo que morrer transando”, fala no vídeo abaixo:

O cantor Leonardo, em março, recebeu diversas críticas dos internautas ao comparar a pandemia ao HIV durante um show no interior de Minas Gerais. “Trinta milhões no Brasil que tem HIV. Vamos ser sinceros? Ninguém usa camisinha. Agora 900 casos (de coronavírus) confirmados e tem que usar máscara? A conclusão que a gente chega é: melhor morrer f*** do que tossindo”, disse o sertanejo ao público.

VEJA TAMBÉM: Irmã gêmea? Garota idêntica à Anitta viraliza na web e ganha milhares de seguidores

A fala não incomodou apenas o público, mas também ativistas. O Fórum das ONG/Aids do Estado de São Paulo (Foaesp), coletivo que reúne mais de uma centena de organizações que atuam na luta contra a aids, manifestou-se através de uma nota de repúdio às declarações do cantor.