A banda Bee Gees. (Foto: Reprodição)

O filho do cantor Barry Gibb dos Bee Gees, de 46 anos, revelou que em uma de suas lutas contra o vício em drogas e álcool o fez virar morador de rua e comer de lixeiras durante um momento de sua vida. Hoje guitarrista da banda de seu pai, Stephen Gibb, falou sobre o pior momento de seus vícios no episódio mais recente de seu podcast ‘Addiction Talks’.

No início da década de 90, Stephen foi um dos fundadores da banda de rock ‘Underbellys and 58’, mas acabou sendo afastado do grupo por causa de seus excessos com álcool e drogas.

“Depois que fui demitido da minha banda perdi a minha casa, lembro de comer os restos que eram jogadas nos lixos de estúdios”, contou Stephen. “Eu ficava escondido rezando para que ninguém me visse. Eu dormia em qualquer lugar que desse. Se alguém me deixasse dormir em um sofá eu já ficava muito feliz”.

Barry Gibb com o filho, Stephen Gibb (Foto: Instagram)

Ele disse que deu start à sua recuperação e foi buscar ajuda ao concluir o pensamento de que seu futuro só tinha três possibilidades: “Morte, prisão ou instituição psiquiátrica”.

LEIA TAMBÉM: Grávida! Nicki Minaj posta foto com barrigão e confirma suspeitas de gravidez

Em 1958, o pai de Stephen e seus tios Maurice e Robin fundaram os Bee Gees. Maurice também teve uma longa luta contra drogas e alcoolismo, e faleceu em 2003, aos 53 anos, em decorrência de um ataque cardíaco. Já Robin morreu em 2012, aos 62 anos, em meio a um tratamento de câncer.

Barry Gibb com o filho, Stephen Gibb, em uma foto antiga (Foto: Instagram)

Presente nas turnês e gravações de seu pai de 73 anos, Stephen está casado com Gloria Levas desde 2002. Eles têm uma filha de 17 anos e um filho de 14 anos e vivem na cidade de Miami, no estado norte-americano da Flórida.