Freddie Mercury queria ser enterrado com seus tesouros em uma pirâmide

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos maiores fã clubes de Freddie Mercury revelou a história por trás de uma sessão de fotos do astro, onde ele aparece vestido de um rei.

O ensaio faz referência ao seu desejo extremo de ser enterrado com todos os seus tesouros , assim como os Faraós. O fotógrafo, Peter Hince, atribuiu a origem da foto a uma noite em que recebeu um telefonema de Freddie dizendo que estava a caminho porque queria tirar uma foto ‘privada’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi declarado que, além de ser usada para o videoclipe de ‘The Great Pretender’, esta imagem foi posteriormente usada como pôster para ‘The Freddie Mercury Photographic Exhibition’.

VEJA TAMBÉM: Maior clipe de Michael Jackson quase foi destruído pelo cantor

Uma citação mostra claramente o quanto ele gostava de fama e riqueza. Freddie Mercury revelou: “Gostaria de ser enterrado com todos os meus tesouros, assim como os Faraós”.

“Se eu pudesse pagar, mandaria construir uma pirâmide em Kensington”, disse. Quando Freddie morreu, ele deixou a mansão, os bens e metade dos direitos às canções do Queen para a ex-namorada, enquanto a outra metade ficou com os pais dele e sua irmã, Kashmira.

Boa parte de seus outros bens foram queimados. A decisão teria sido feita pois o ícone do rock seguia os preceitos do Zoroastrismo, religião e filosofia da Pérsia antiga.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio