Funkeira amiga de Anitta é abordada pela polícia ao fazer show na Times Square

Publicado em 8/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A funkeira Gabily, amiga de Anitta, está passando uma temporada nos Estados Unidos por compromissos profissionais e acabou vivendo uma aventura daquelas. Em seu perfil no Instagram, a cantora, de 25 anos, relatou que fez um pocket show na Times Square na noite da última quarta-feira (7). Porém, ela acabou sendo abordada por policiais enquanto se apresentava.

Gabily compartilhou uma foto ao lado dos policiais americanos e, na legenda, detalhou como foi a abordagem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Policial – Você é do Brasil? Vai postar esses vídeos onde? Pra fazer show tem que ter autorização…. Eu – sou uma cantora do Brasil e só quero cantar uma música, juro que não quero pedir tips [gorjetas], é só pra mostrar meu trabalho e gravar conteúdos para o Brasil. Policial – Você tem 10 minutos. Corta pro final, eles elogiando o show, e me escoltando na Time Square por conta do alvoroço”, contou.

Confira:

Fãs especulam parceria de Anitta e Gabily após cantora largar namorado e viajar com ela

Será que o namoro de Anitta com o empresário bilionário Michael Chetrit chegou ao fim? Ainda não sabemos, contudo, a cantora não passou o Dia dos Namorados com ele, e sim com Gabily, Fred de Palma e outros amigos, em Punta Cana, na República Dominicana.

Além disso, ela aproveitou para lançar mais uma parceria com o rapper italiano, a música “Un Altro Ballo”. Com isso, os fãs também estão especulando uma parceria da carioca com Gabily.

VEJA MAIS: Produtor confirma que Ariana Grande está trabalhando em novo álbum

Namorado bilionário:

Após alguns flagras, Anitta confirmou que está namorando o empresário americano Michael Chetrit. Os dois se conheceram em Miami, nos Estados Unidos, onde a cantora está morando durante a divulgação de seu single “Girl From Rio”.

(FOTO: Reprodução)

Michael Chetrit, de 28 anos, é filho de Joseph Chetrit, um investidor imobiliário de Nova York. Judeu e descendente de marroquinos, o novo namorado de Anitta é um dos herdeiros do grupo Chetrit, que atua com investimentos no ramo imobiliário pela cidade de Nova York.

O grupo foi fundado na década de 1980 pelo pai do empresário e trabalha principalmente com hotéis de luxo, grandes torres e em imóveis de bairros do subúrbio da cidade.

(Reprodução: Instagram)

Não há informações oficiais sobre o valor total da empresa, mas de acordo com o CrunchBase uma plataforma que analisa os investimentos privados, o grupo movimentou mais de U$ 2 bilhões entre 2000 e 2010.

Além de ser herdeiro da fortuna da família, Michael é co-fundador da Chetrit Venture. Criada em 2018, é uma empresa com foco em aplicações privadas voltadas a empreendimentos em estágio inicial de crescimento. Em março, a Chetrit Venture movimentou mais de U$190 milhões de dólares.

(FOTO: Reprodução Extra)

O boy da Anitta também atua como consultor para a Papa’s Pop’s, uma tradicional empresa estadunidense focada em pipocas de baixa caloria.

Muito discreto, Michael não costuma aparecer em redes sociais e raramente concede entrevistas. Ele se formou na Parson School of Design, a mesma universidade que a filha da Xuxa, Sasha Meneghel, estudou.

Anitta e Michael Chetrit (Foto: The Grosby Group)

E quem é Joseph Chetrit, o pai do novo namorado de Anitta?

Joseph Chetrit é um investidor e incorporador imobiliário da cidade de Nova York. Ele é um dos fundadores, junto com seus três irmãos, do grupo privado Chetrit. O grupo começou no início da década de 1990 com compras residenciais em bairros distantes.

O Grupo Chetrit é talvez mais conhecido por uma onda de compras pré-recessão que incluiu o Standard Oil Building em 26 Broadway, o antigo Toy Center em 200 Fifth Avenue e os edifícios de escritórios 989 Sixth Avenue e 1107 Broadway.

(FOTO: The Real Deal)

O Chetrit Group também comprou o controle do famoso Chelsea Hotel na West 23rd Street em 2011 e embarcou em uma polêmica reconstrução liderada por Joseph Chetrit com base na expulsão de seus inquilinos de longa data para relançá-lo como um hotel de luxo. Mas depois de perder a fé em seu plano, o Chetrits vendeu o hotel em 2013.

Chetrit nasceu no início dos anos 1960 no Marrocos e veio para os EUA para promover os negócios têxteis da família. Ele mudou-se para o setor imobiliário a partir de então e desde 2013 é um dos desenvolvedores mais ativos de Manhattan.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio