Freddie Mercury
O cantor zanzibense Farrokh Bulsara mais conhecido como Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

Antes da morte, Freddie Mercury gravou um vídeo dizendo quem ficaria com a sua fortuna. O artista fez história, ficou à frente da banda Queen e é um dos mais cantores do mundo. Os gatos eram a família de Freddie Mercury que o acompanharam nos altos e baixos.

O documentário, “Freddie Mercury: A Life in his Own Words” (Freddie Mercury: Uma Vida em Suas Próprias Palavras) lançado em 2019 fala sobre isso. Nos registros, ele diz que amaria Austin até o último momento. E, afinal, foi o que aconteceu.

VEJA TAMBÉM: Ivete Sangalo e Whindersson Nunes lançam o divertido clipe de “Coisa Linda” gravado na quarentena

Falando de Mary Austin, Mercury explicou o motivo de deixar seu patrimônio para ela:

“Caso eu vá primeiro, deixarei tudo para ela. Ninguém mais leva um centavo, apenas os meus gatos. Eu posso ter todos os problemas do mundo, mas eu tenho a Mary e isso me motiva… Eu ainda a vejo diariamente e gosto tanto dela hoje quanto sempre gostei.”, disse.

O namoro entre Mercury e Austin durou seis anos. Ela tinha 19 e ele 23 quando se conheceram. O relacionamento terminou quando ele teve um envolvimento com um executivo da gravadora Elektra.

Mas a amizade entre eles não abalou ou sequer diminuiu. Austin foi a primeira a saber que ele tinha contraído AIDS e cuidou do cantor até seu último momento.