Giulia Be sobre boatos de romance com Luan Santana: ‘Se ele tentou, não conseguiu’

Publicado em 1/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Giulia Be rasgou o verbo sobre os rumores de romance com Luan Santana. Para quem não se lembra, o burburinho começou em outubro, porque o sertanejo anunciou o término do noivado com Jade Magalhães na época em que lançou uma parceria musical com a voz de “Menina Solta”.

Nesta quarta-feira (30), em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, Giulia Be relembrou a situação e revelou se Luan Santana tentou viver algum romance com ela. “O que aconteceu foi uma coisa mal explicada. Ele não tentou nada comigo. Se tentou, não conseguiu”, garante.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela frisou que o relacionamento não passa de amizade: “Entendi que Luan não seria nada além de uma pessoa que me ajudou quando precisei, um amigo que está na indústria há tanto tempo”, contou.

Giulia lembrou que viveu um período conturbado ao ser apontada como pivô do fim do relacionamento de Luan Santana e Jade. “Foi a primeira vez que vi meu nome envolvido em polêmica e isso reverberou em minha vida pessoal, inclusive em meu antigo namoro”

No entanto, a estrela conseguiu enxergar um lado positivo em tudo isso: “Em meio às críticas, acabei criando respeito por Luan e uma amizade, tudo isso porque ele já havia passado por outras polêmicas e me ajudou a lidar com a situação. Depois que tudo passou, meu namoro terminou e a vida continuou, entendi a importância de manter os amigos ao nosso lado”.

Porrada? Irmão de Giulia Be cai na briga durante programa e troca socos

A porrada comeu no programa Pânico. O apresentador André Marinho, irmão da Giulia Be, e o comentarista Tomé Abduch trocaram socos ao vivo durante a atração da Jovem Pan. Tudo aconteceu nesta terça-feira (11), e o motivo foram divergências políticas.

Tomé, era o convidado do dia. Integrante do movimento Nas Ruas, ele apoiou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). André chamou o convidado de “chorão” e disse que ele chorava por político. Os dois discutiram sobre o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), e Tomé fez acusações sobre o pai de de André, o empresário Paulo Marinho, chamando o apresentador de “moleque que não vale a cueca que veste”.

VEJA MAIS: Crime? SBT exibe música vazada de Anitta antes do lançamento

André rebateu Tomé: “A todos os integrantes do Nas Ruas: vocês estão sendo usados, ludibriados e manipulados por um sujeito sem credibilidade nenhuma, que fica deslumbrado com a própria irrelevância”, disparou. A discussão terminou em socos e tentativas de chutes, quem estava presente no estúdio precisou separar a briga.

“Eu fico triste de uma discussão bacana ir para o lado pessoal. Não era nosso objetivo, mas você sabe como funciona neste momento quente de política. Peço desculpas se a gente passou do ponto”, disse Emilio Surita.

Vale lembrar que André Marinho e Giulia Be são irmãos e também filhos de Paulo Marinho, empresário que teve papel fundamental na eleição de Jair Bolsonaro mas rompeu com o presidente logo após sua eleição.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio