Gloria Groove, Rebecca e As Baías celebram o Pride em show exclusivo

Publicado em 26/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A banda As Baías carrega em seu DNA a diversidade, por ser formada por duas mulheres e trans e um cis hetero sempre estiveram engajados em causas e ações em prol da inclusão social, o trio que nasceu em apresentações nas festas da faculdade. Em pouco tempo o talento de Assucena Assucena, Raquel Virginia, e Rafael Acerbi ultrapassou o campus da USP e conquistou o Brasil. Inspirados em Gal Costa e Clube da Esquina, se consolidaram no cenário artístico pelo talento nos vocais, a força das composições e como referência na luta por respeito, igualdade e diversidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assucena Assucena fala do desejo em popularizar o trabalho da banda e a importância desta live: “Faz algum tempo que As Baías tem sonhado em ocupar um lugar de destaque na Parada LGBTIA+ de São Paulo. Por ironia e por oportunidade, nós faremos o nosso maior projeto de show numa Live, em meia a uma pandemia. Essa Live se alinha ao nosso projeto de popularização de nossa música e de autoafirmação do lugar das pessoas Trans e Travestis nos espaços de poder, portanto de destaque.”

” Sempre foi um objetivo da banda ter esse espaço na Parada LGBTQIA+, carregamos em nosso DNA a diversidade não apenas na música, mas em nosso dia a dia, somo duas mulheres trans e um hetero cis, eu mulher trans preta de periferia de São Paulo, Assucena mulher trans nordestina e o Rafa homem hetero de minas gerais de uma familia mais conservadora. Queremos muito ocupar esse nosso lugar de fala para conquistarmos de fato nosso lugar de fala” complementa Raquel Virginia.

Rafael Acerbi relata sobre a dificuldade em construir um conteúdo audiovisual que substitua os shows: “Está live é um dos projetos mais ambiciosos que as baias já construiu. E tudo fica mais difícil numa pandemia. Tenho reparado que existe um cansaço tanto dos artistas quanto do público em relação às lives como um todo. Realmente é muito difícil construir um conteúdo audiovisual que impacte e substitua pelo menos por agora os shows presenciais. Nossa tentativa nessa live será de construir algo novo no Brasil, impactante e emocionante, que crie uma interatividade com o público em casa.”

VEJA TAMBÉM: Herdeira da mansão de Freddie Mercury trabalhou como vendedora em loja de roupas

A Live que acontece no dia 27 de junho, será uma experiência musical inovadora e interativa para o público, com transmissão ao vivo do topo de um prédio no centro de São Paulo contará com as participações de MC Rebecca, Linn da Quebrada, Tassia Reis, All Ice e Gloria Groove, além da narrativa de João Luiz BBB21 e outras surpresas para que juntos possam impulsionar a mensagem de persistência, luta e inspiração para a comunidade LGBTQIA+

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio