Google fica proibido de exibir imagens do corpo de Cristiano Araújo

Publicado em 17/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Registros do acidente, da autópsia e velório do sertanejo Cristiano Araújo, que faleceu em 2015 num acidente de carro, terão de ser retiradas dos resultados de busca na web. A decisão inclui os mecanismos de busca e pesquisa do Google, Microsoft, Yahoo e Facebook. A decisão foi dada pela juíza Patrícia Dias Bretas, da 15ª Vara Cível e Ambiental de Goiânia.

A determinação visa atender a um pedido feito pelo próprio pai do cantor, João Reis de Araújo, e foi expedida nesta segunda-feira (dia 14) segundo o portal Metrópoles. Caso a ordem seja descumprida, a juíza estipulou multa diária de R$ 10 mil, para cada uma das empresas, até um limite (teto) de R$ 1 milhão. Os valores deverão ser revertidos e pago para o pai do cantor Cristiano Araújo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Girl From Garopaba? Gabriel O Pensador lança hit com produtor de Anitta inspirado em namorada

O sertanejo faleceu no dia 24 de junho de 2016 num acidente na BR-153, no trecho entre as cidades de Morrinhos e Pontalina, região sul de Goiás. O músico tinha 29 anos de idade, estava no auge da carreira e estava acompanhado da namorada, Allana Coelho Pinto de Moraes, 19, que também faleceu no acidente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio