Governador diz que se não tiver vacina contra coronavírus o Carnaval de Salvador pode não acontecer em 2021

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O carnaval deste ano seguiu completamente normal como todos os anos no Brasil, como de praxe, Salvador ficou lotada de turistas e admiradores da folia. Mas, pouco tempo depois, surgiu a pandemia do novo coronavírus. Desde então, começou o a quarentena, o isolamento social e, portanto, os eventos ao vivo foram proibidos. Não há uma data certa para o fim do isolamento, mas todo cuidado é necessário. Tal momento pode acabar com o carnaval de 2021. Foi que disse o Governador da Bahia, Rui Costa.

Nesta
quinta-feira (30), o governador afirmou que o Carnaval está mesmo ameaçado de
não acontecer caso não seja liberada uma vacina contra o coronavírus. Até lá, a
situação pode até ter sido regularizada, mas sem a vacina, a aglomeração pode
gerar novo surto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“[Não haverá] nem Carnaval, nem Réveillon. Não só no Brasil, no mundo inteiro. Não haverá show enquanto não tiver a vacina porque nós podemos ter uma segunda ou terceira onda de contaminação e matar milhões de pessoas”, disse Rui em entrevista à TV Itapoã.

VEJA TAMBÉM: Revista famosa faz ranking com as melhores músicas do BTS

Se isso, de
fato, acontecer, será um choque muito forte no impacto cultural, além da
economia brasileira. Até o momento, as festas de São João já foram canceladas.
Essa é a festa mais tradicional no calendário baiano com festividades em mais
de 300 cidades. Apesar da situação lamentável, a prioridade agora é manter a
saúde do povo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio