gusttavo lima
O cantor mineiro Gusttavo Lima (FOTO: Reprodução)

Em sua quinta live na quarentena, Gusttavo Lima deu detalhes no domingo (dia 2), de sua experiência com a maconha. De acordo com o cantor, seu contato com a droga ocorreu em Amsterdam, na Holanda, onde o uso da erva é legalizado. O mineiro contou que acabou se frustrando com o efeito do entorpecente.

Eu dei um trago, passou uns minutos e eu não senti nada. Aí fumei mais. Pensa numa moleza, numa larica? Foi o pior dia da minha vida. Isso foi três horas da tarde e o show era às nove. Quem disse que eu dava conta de tomar banho? Eu fiquei ruim. Minha cabeça a mil. Comi mais de 170 coxinhas antes do show, no camarim“.

LEIA TAMBÉM: Azealia Banks raspa a cabeça sozinha e revela inspiração: “Momento Britney Spears”

Gusttavo Lima afirmou que achou a droga superestimada. “Não sei o que as pessoas acham bom em fumar maconha. Me deu uma depressão tão grande. Foi a primeira e última vez da minha vida. Eu tinha 19 anos de idade. Depois eu engatei na cachaça“, contou Gusttavo Lima.

Intitulada “Sunset“, a transmissão ocorreu diretamente da Praia dos Carneiros em Pernambuco e contou com as participações de Matheus e Kauan, Raí da Saia Rodada e Wallas Arrais.