O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

Em uma entrevista em 2002, Barbara Leigh, ex-namorada de Elvis, falou: “Elvis Presley era o rei, e um rei precisa ter um harém, certo?”. Os dois namoraram por dois anos, de 1970 à 1972.

Jim (namorado de Barbara) me levou para ver o show de Elvis no Las Vegas Hilton, em agosto de 1970, porque ele estava fazendo arranjos para a MGM distribuir “Elvis: That’s The Way It Is”. Após o show, fomos convidados a encontrar o rei em seu camarim privado. Eu encontrei Elvis cara a cara quando ele se sentou ao meu lado, olhando diretamente nos meus olhos. Ele me viu na platéia naquela noite e estava preparado para pegar meu número de telefone naquela noite sem ninguém ver. Ele teve um grande prazer em roubar a namorada de Jim Aubrey.

A partir daquele momento em seu camarim, quando fechamos os olhos, eu sabia que seríamos amigos e amantes. Eu desejei! Quando Elvis queria algo, ele geralmente conseguia. À medida que passamos algum tempo juntos, nosso relacionamento cresceu. Tentamos passar o maior tempo possível juntos, mas não foi fácil com sua carreira, seu casamento, suas outras mulheres e meu horário de trabalho. A vida sempre foi um desafio para o rei.

VEJA TAMBÉM: Valesca Popozuda fala sobre assédio no Carnaval

Elvis era o rei, e um rei precisa usar seu harém, certo? Eu não pensei sobre ele ser casado ou sobre as muitas, muitas outras mulheres em sua vida. Quando estávamos juntos, tentei viver no agora. A filosofia dos anos 70 de “Be Here Now”, de Ram Dass, que era um livro que Elvis gostava e eu também. Era um mantra popular da época que professava viver apenas no agora. Eu nunca acreditei que eu era a única namorada e aceitei Elvis pelo tempo que passamos juntos.

Tive a sorte de compartilhar com ele e nunca lhe fiz perguntas, e ele fez o mesmo. Não fizemos perguntas sobre outros relacionamentos porque sabíamos qual seria a resposta. Eu levei o mal com o bem. A única vez que me incomodou foi quando eu teria que competir por sua atenção no Vegas Hilton, quando garotas bonitas apareciam e tentavam roubar o coração do rei na minha frente. Isso foi difícil.”

View this post on Instagram

"Elvis Presley era o rei, e um rei precisa ter um harém, certo?" Disse Barbara Leigh em uma entrevista sobre seu relacionamento com Elvis, em 2002: "Jim (namorado de Barbara) me levou para ver o show de Elvis no Las Vegas Hilton, em agosto de 1970, porque ele estava fazendo arranjos para a MGM distribuir "Elvis: That's The Way It Is". Após o show, fomos convidados a encontrar o rei em seu camarim privado. Eu encontrei Elvis cara a cara quando ele se sentou ao meu lado, olhando diretamente nos meus olhos. Ele me viu na platéia naquela noite e estava preparado para pegar meu número de telefone naquela noite sem ninguém ver. Ele teve um grande prazer em roubar a namorada de Jim Aubrey. A partir daquele momento em seu camarim, quando fechamos os olhos, eu sabia que seríamos amigos e amantes. Eu desejei! Quando Elvis queria algo, ele geralmente conseguia. À medida que passamos algum tempo juntos, nosso relacionamento cresceu. Tentamos passar o maior tempo possível juntos, mas não foi fácil com sua carreira, seu casamento, suas outras mulheres e meu horário de trabalho. A vida sempre foi um desafio para o rei. Elvis era o rei, e um rei precisa usar seu harém, certo? Eu não pensei sobre ele ser casado ou sobre as muitas, muitas outras mulheres em sua vida. Quando estávamos juntos, tentei viver no agora. A filosofia dos anos 70 de "Be Here Now", de Ram Dass, que era um livro que Elvis gostava e eu também. Era um mantra popular da época que professava viver apenas no agora. Eu nunca acreditei que eu era a única namorada e aceitei Elvis pelo tempo que passamos juntos. Tive a sorte de compartilhar com ele e nunca lhe fiz perguntas, e ele fez o mesmo. Não fizemos perguntas sobre outros relacionamentos porque sabíamos qual seria a resposta. Eu levei o mal com o bem. A única vez que me incomodou foi quando eu teria que competir por sua atenção no Vegas Hilton, quando garotas bonitas apareciam e tentavam roubar o coração do rei na minha frente. Isso foi difícil." O "relacionamento" deles foi do ano 70 até 72, quando Elvis começou a namorar com Linda Thompson. #ElvisPresley #thekingofrocknroll #70s #60s #50s #oldhollywood #quarantine #cultura #music #rock #lasvegas

A post shared by Elvis Presley Brasil (@elvispresley.brasil) on