‘Hey Jude’: Curiosidades sobre os 52 anos de um dos maiores sucessos dos Beatles

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já faz mais de meio século que os Beatles lançaram a icônica música, ‘Hey Jude’ no Reino Unido. A música chegou nas rádios britânicas no dia 30 de agosto de 1968.

A música alcançou o topo das paradas americanas e foi indicada a dois Grammys – sendo um deles de ‘Música do Ano’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A música foi composta após uma visita de Paul McCartney a Cynthia Lennon – primeira esposa de John Lennon -, após o divórcio do casal.

VEJA TAMBÉM: Jovem surpreende ao fazer cover de Whitney Houston nas ruas de Recife

Sobre a música, Paul disse: “Eu achei que como amigo da família eu poderia ir a casa deles dizer que tudo ficaria bem, tentar animá-los e ver como estavam”.

“Eu dirigi cerca de uma hora. Eu costumava desligar o rádio nessas viagens e cantarolar, vendo se conseguia compor canções. Então comecei a cantar – ‘Hey Jules – don’t make it bad, take a sad song, and make it better…‘ – como uma mensagem de esperança para Julian [filho de Lennon]. Tipo, ‘qual é cara, seus pais estão se divorciando, sei que não esta feliz, mas você ficará bem’”.

A troca do nome – de ‘Jules’ para ‘Jude’ -, se deu por conta de um personagem do filme Oklahoma.

A música, além de ter sido um grande sucesso na voz dos Beatles, também ganhou sua versão em português – que entrou até para a trilha sonora da novela Top Model -, onde Kiko Zambianchi canta: “Hey Jude, pra que chorar por alguém que não te ama? Se o mundo agora te faz sofrer, tudo vai passar, você vai ver”.

Além disso, a música também teve versões por Ella Fitzgerald, Elvis Presley, Katy Perry e pelo elenco da série ‘Glee’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio