HYBE entra na Justiça contra autor e editora de livros sobre BTS

Publicado em 16/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A HYBE, empresa responsável pela carreira do BTS, entrou com um processo na Corte do Distrito Central de Seul, na Coreia do Sul, contra um autor e uma editora pela produção de livros não autorizados sobre o grupo.

De acordo com o site KBIZOOM, mais de 50% do conteúdo dos livros são letras de músicas, antigas entrevistas do BTS e fotos do grupo. No entanto, a HYBE é detentora dos direitos autorais de conteúdos do septeto e não autorizou o uso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A empresa reivindica que os conteúdos sobre BTS são resultado de consideráveis investimentos e esforços. Por esse motivo, não podem ser usados por terceiros, com fins lucrativos.

Descubra o critério do BTS para gravar música composta por Ed Sheeran

O último lançamento do BTS foi “Permission to Dance”, uma canção composta pelo cantor Ed Sheeran. É a segunda faixa cantada totalmente em inglês pelo grupo K-Pop, que ficou semanas no Top 10 da Hot 100 da Billboard.

Agora, em entrevista à “Weverse Magazine”, Nicole Kim, líder da área de Artistas e Repertório (A&R) da Big Hit Music, contou os critérios para para os integrantes do grupo sul-coreano para gravarem “Permission to Dance”, e uma delas era “passar boas vibrações, energia positiva e esperança” aos fãs. E quem se destacou foi Ed Sheeran.

É um momento difícil para nós, mas deve haver muito mais pessoas passando por mais dificuldades e queremos dar a elas esperança à nossa maneira. Esperamos poder dar-lhes força de alguma forma“, afirmou Nicole.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio