Impostor que se passava por Elvis Presley teria enganado equipe do cantor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elvis Presley trabalhou com alguns dos mais famosos backing vocals na história da música: o grupo The Jordanaires. Além do próprio Rei do Rock, a banda já trabalhou com grandes nomes, como Dolly Parton, Patsy Cline e Ricky Nelson.

Em recente entrevista, Gordon Stoker, um dos integrantes do Jordanaires, falou sobre a época em que trabalhou com Elvis e recordou o dia em que os membros da banda receberam cartas de alguém que alegava ser o astro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

“Fizemos um show de caridade para crianças com deficiência em Reno, Nevada. Quando chegámos ao auditório, tínhamos uma carta feita por entrega especial”, relembrou Stoker. “A carta dizia: ‘Caros Jordanaires, vocês estão fazendo algo que me emociona muito. Vocês sabem o quanto significa para mim que vocês apareceram nesta noite para crianças com deficiência, e espero que entendam o que eu fiz, a razão por trás disso, espero que compreendam. Amo vocês, e espero vê-los em breve. Sinceramente, Elvis’”.

Stoker disse que parecia plausível que a carta tivesse vindo do próprio Rei do Rock. “Foi datilografada e a assinatura era muito parecida com a dele. Claro, qualquer pessoa podia copiar a sua assinatura de Elvis, era muito fácil de copiar”. No entanto, ele diz que a carta tinha um erro de ortografia, o que o fez acreditar que o próprio Elvis escreveu.

O entrevistador contou que outros membros dos Jordanaires achavam que a carta era falsa, escrita por uma outra pessoa. Considerando Elvis Presley morreu em 1977, talvez nunca se saiba quem escreveu a carta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio