Paul McCartney
O cantor britânico Paul McCartney (FOTO: Reprodução)

De acordo com o veículo inglês Express, em recente entrevista, o ex-Beatle Paul McCartney criticou o fato do nome de John Lennon aparecer primeiro que o dele nas músicas que compuseram juntos, até mesmo nas canções que McCartney praticamente escreveu sozinho.

Durante a participação do músico britânico no podcast de Adam Buxton, ele revelou que o crédito que ficou conhecido como Lennon-McCartney foi acordado durante uma reunião em um pequeno escritório em Londres. Além da dupla, apenas o empresário da banda, Brian Epstein, estava presente.

“Quando falamos sobre os créditos serem Lennon-McCartney, questionei: Bem, e quanto a McCartney-Lennon?”.

Mundo Positivo » A última conversa de Paul McCartney com John Lennon antes  do seu assassinato - Mundo Positivo
Foto: Reprodução

VEJA MAIS: Simone diz que filha foi feita no banheiro: “Eita felicidade. Foi ótimo”

Sir Paul contou que o acordo inicial era revezar a ordem dos nomes nos créditos, mas com o tempo apenas o selo Lennon-McCartney passou a ser utilizado. “Eu pensei: ‘Tudo bem, eu preferia Lennon-McCartney, pois soava bem e se tornou um tipo de marca, mas o que aconteceu foi que ao folhear o encarte [do álbum The Beatles Anthology], a letra da música ‘Yesterday’ estava creditada como John Lennon e Paul McCartney”, recordou o músico.

McCartney ainda completou: “Essa foi uma música que eu escrevi totalmente sozinho […]. Então, essa seria uma hora em que deveríamos creditar Yesterday, por Paul McCartney e John Lennon”.