beatles
A legendária banda britânica The Beatles (FOTO: Reprodução)

Em 1967 os Beatles lançaram o clássico “Penny Lane” como um single de “duplo Lado A”, já que do outro lado estava a também icônica “Strawberry Fields Forever”.

As duas canções falam sobre lugares importantes nas vidas de integrantes da banda, e “Penny Lane” (Lennon-McCartney), especificamente, foi batizada com o mesmíssimo nome da “Penny Lane”, a “Alameda Penny” localizada em Liverpool.

Mas algumas coisas levantaram questionamentos após o assassinato brutal de George Floyd nos Estados Unidos, o mundo todo tem realizado protestos contra o racismo e há uma movimentação forte em torno da readequação de símbolos públicos que lembrem episódios terríveis da história como a escravidão.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

De acordo com a NME, uma questão foi levantada a respeito de uma das travessas mais famosas do planeta, e há gente dizendo que os Beatles deram esse nome por causa de um vendedor de escravos chamado James Penny.

Segundo a matéria, o “prefeito regional” de Liverpool disse que “existe a possibilidade de que o local seja renomeado” caso essa conexão seja provada. Steve Rotherham, “prefeito Metro” da cidade, também falou a respeito:

Se esse lugar foi batizado como Penny Lane por causa de James Penny, então isso precisará ser investigado. Algo precisaria acontecer e eu diria que aquela placa e aquela estrada correm risco de serem renomeadas.”

O prefeito ainda continuou falando que não há provas de que foi feita uma homenagem ao cara com o batismo da alameda e as outras versões a respeito da origem do nome dão conta de que havia por ali uma espécie de “pedágio” para atravessar o local.

Na época, as pessoas pagavam com “centavos”, e ele ficaria conhecido então como “Alameda do Centavo”.

Por fim, o Museu da Escravidão de Liverpool se pronunciou e disse que as ligações da Penny Lane com James Penny “não são conclusivas”.