britney spears
A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

A American Civil Liberties Union ofereceu publicamente ajuda para Britney Spears manter seus direitos civis.

Desde 2008 a cantora está sob um tutela, onde possivelmente não tem controle sobre seu próprio dinheiro, além de não poder votar, namorar, engravidar, mexer no celular ou se apresentar sem a permissão e supervisão de seu pai.

VEJA TAMBÉM: Britney Spears quer tirar seu pai do comando dos negócios e de sua tutela

A instiuição escreveu nas redes sociais: “Pessoas com deficiência têm o direito de levar uma vida autodirigida e manter seus direitos civis”.

“Se Britney Spears quiser recuperar suas liberdades civis e sair de sua tutela , estamos aqui para ajudá-la”, completaram.

Segundo o site americano TMZ, a voz de ‘Lucky’ tem transtorno bipolar, mas seus remédios ajudaram a desencadear mais problemas e crises.

Fãs vão as ruas para protestar contra tutela de Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Zoe Brennan-Krohn, advogada dos Projetos de Direitos dos Deficientes da ACLU disse: “A tutela pesa na vida da pessoa e diz que ela, uma pessoa com deficiência, não é mais capaz de tomar decisões sobre si mesma e sua vida – como onde você mora, como você se sustenta ou se alimenta – e então é colocada outra pessoa para tomar essas decisões por ela. Por ser uma medida extrema a ser tomada, é realmente suposto ser o último recurso“.

“Não sabemos se Britney Spears se identifica como uma pessoa com deficiência, ou quais diagnósticos ela recebeu. Mas, por estar sob uma tutela, sabemos que o tribunal determinou que ela é deficiente, e retirou seus direitos civis por causa dessa deficiência. Portanto, é inerentemente uma questão de direitos/liberdades civis”, completou.

FOTO: Reprodução