backstreet-boys
O grupo Backstreet Boys (FOTO: Divulgação)

O músico AJ McLean, do Backstreet Boys, relatou sua experiência com membros da Igreja da Cientologia. Durante um dos episódios de seu podcast, ‘Pretty Messed Up’, ele revelou ter sido alvo de uma tentativa de lavagem cerebral.

Ele revela que em entre 2002 e 2003, morou próximo à uma sede da Igreja da Cientologia, em Los Angeles, que é frequentada por vários famosos. Ele disse que ficou curioso em relação à organização e decidiu visitar o local com um amigo.

“Eu não sabia o que era aquilo, não sabia nada sobre eles. Mas não queria ir sozinho, então levei um amigo comigo. Fizemos um tour pela sede e nos levaram para uma sala de mídia, nos acomodaram e perguntaram se poderíamos assistir um filme”, começou.

AJ McLean, dos Backstreet Boys, recorda vício em drogas
AJ McLean (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: The Weeknd comemora o Mês da História Negra com atitude nobre; descubra!

No entanto, o artista revela que as coisas começaram a ficar estranhas depois do filme: “Nós assistimos ao filme, tinha uns 15 minutos, e pensei, ‘ok, bem, isso foi interessante’, e quando fomos sair a porta estava trancada. Eles não nos deixaram sair e passaram o filme outra vez. Não conseguimos sair e passaram o filme mais uma vez. Aí passaram o filme mais três vezes até que alguém me ouviu batendo na porta”, contou.

Em meio a risos, o artista do Backstreet Boys continou: “Eu surtei. Parecia alguma técnica de lavagem cerebral nada normal”. Ele ainda disse que nunca concordaria em fazer parte da Cientologia: “Sou um cara muito espiritual, foi assim que fui criado e como tenho vivido toda a minha vida, mas me considero mais espiritualizado do que um membro possível de qualquer religião”.