Michael Jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução)

A grande repercussão causada pelo filme “Leaving Neverland” está mexendo com todo o legado de Michael Jackson. O documentário que resgatou as discussões sobre supostos casos de abusos sexuais cometidos pelo cantor contra menores vem influenciando inclusive nas reproduções das músicas do cantor nas rádios. Emissoras chegaram a eliminar as músicas do cantor de suas programações além de uma estátua em homenagem ao cantor ter sido retirada de um museu no Reino Unido.

Agora, o jornal Mirror resolveu desengavetar uma antiga entrevista de LaToya Jackson, irmã do cantor. No vídeo de 1993, a cantora norte-americana admite que os abusos sexuais envolvendo seu irmão de fato aconteceram.

“Se eu permanecer em silêncio, isso significa que eu devo alimentar a culpa e a humilhação que essas crianças estão sentindo e acho que está muito errado”, chegou a afirmar LaToya na época.

Na entrevista. a irmã do cantor também revela ter visto os cheques enviados para as famílias das supostas vítimas. A declaração da artista foi feita após o pai de Jordy Chandler, com 13 anos na época, ter acusado Michael Jackson. O caso acabou sendo resolvido fora dos tribunais.

“Agora para e pensa por um segundo e me conta. Quantos de vocês têm 35 anos? Quantos levariam crianças pequenas e fariam isso? Que têm 9, 10, 11 anos de idade? Eu amo meu irmão, mas está errado”, disparou LaToya no vídeo.

A família de Michael Jackson chegou a se defender na época alegando que a cantora estava mentindo por uma desavença financeira. Já no ano de 2011, LaToya chegou a voltar atrás nas declarações dizendo que foi obrigada pelo ex-marido, Jack Gordon, a dar a entrevista.

Enquanto isso, o documentário conta a seguinte história: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Vale lembrar que ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017. “Deixando Neverland” será exibido no Brasil em duas partes na HBO, nos dias 16 e 17 de março.