ivete sangalo
A cantora baiana Ivete Sangalo (FOTO: Reprodução)

Ivete Sangalo usou sua live de Dia das Mães, neste domingo (10/5), para sair do muro e fazer um posicionamento político. A artista que já afirmou que não se sente confortável para se manifestar politicamente, mandou um recado, sem citar nomes, em respeito às vidas e às mortes das vítimas do novo coronavírus.

A baiana chegou a dar uma atenção à classe artística fazendo uma homenagem aos cantores falecidos recentemente e cantou “Resposta ao Tempo”, de Aldir Blanc, e “Mistério do Planeta”, dos Novos Baianos (de Moraes Moreira). “A gente já perdeu muita gente importante, muita gente bacana, do ponto de vista público e do ponto de vista íntimo. Independente das causas, todas as vidas são importantes. Não dá para banalizar a vida das pessoas contando em numeral”, afirmou a cantora após ser provocada por Xuxa para se posicionar sobre o discurso polêmico de Regina Duarte que minimizou as mortes causadas pela pandemia.

VEJA TAMBÉM: Só de calcinha, Luisa Sonza debochou de crise no casamento com Whindersson Nunes

Aldir Blanco faleceu após contrair o novo coronavírus com 73 anos e Moraes Moreira morreu aos 72 anos de infarto, em sua casa. Bastante relevantes no cenário nacional, os artistas não foram citados ou homenageados pelo governo federal ou pela secretaria de cultura. “Isso sim alimenta a nossa estrutura, a nossa força emocional para passar por essa vida. Muito obrigada, Aldir”, afirmou Ivete emocionada.

A cantora se recordou de sua própria mãe. “Estou sentindo muita falta de minha mãe, de pessoas que já se foram. Essas pessoas vivem em nossa memória afetiva. As pessoas que se vão são muito importantes na vida da gente, porque constroem o nosso futuro. As pessoas que se foram são importantes, de fato. Neste momento de quarentena, as mensagens devem passar pela condução da inspiração. Quero homenagear dois artistas que se foram, porque posso cantá-los. Eles sim de fato passam mensagens que nos inspiram. Nós não precisamos de mensagens que não nos inspiram. A gente não precisa do negativo e do obscuro”, disse.

Esta foi a segunda transmissão ao vivo beneficente feita pela artista baiana durante a pandemia. A primeira aconteceu em parceria com a Rede Globo e contou com 36 milhões milhões de espectadores arrecadando R$ 400 mil em doações em duas horas e meia de show.