iza
A cantora carioca IZA (FOTO: Reprodução)

IZA foi surpreendida por Faustão com uma delicada homenagem no quadro Arquivo Confidencial, neste domingo (12).

Durante a exibição do Domingão do Faustão, a cantora acabou se emocionando com o pedido público de desculpas feito por seu pai pelo tempo que permaneceu afastado da filha.

Djalma Leite Lima, ficou dois anos longe de IZA depois do seu divórcio da mãe da cantora. Em seu discurso, o patriarca defendeu o amor que sente pela filha. “Com a separação da mãe dela, isso nos afastou durante um bom tempo. O tempo passa e a única coisa que vem no coração é sempre pedir desculpas, mesmo sem ela estar ouvindo, daquilo que posso ter feito e a ter magoado”, comentou o pai da cantora.

Visivelmente emocionada, IZA respondeu: “Agradeço meu pai por toda influencia, esforço, dedicação. Meus pais se separaram na semana que eu larguei meu emprego. A situação financeira mudou toda. Fiquei magoada com esse processo e dois anos sem ver meu pai. Fico muito grata por isso e receber essa mensagem foi um carinho para o meu coração”, disse.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Confira um clique do momento abaixo:

IZA se emociona com depoimento do pai no 'Arquivo Confidencial' do 'Domingão' — Foto: TV Globo
(FOTO: Rede Globo)

Outra passagem emocionante do programa foi a declaração amorosa feita pelo marido da cantora, o produtor musical, Sérgio Santos. “Depois de ter passado por algumas desilusões, cheguei até a conversar com meus amigos: ‘estou desiludido, só vou ficar com uma mulher se for tipo a IZA’. Não sei como Deus me ouviu. Uma semana depois, após ter dado alguns sinais, ela veio falar comigo. A gente começou a ficar, namorar, noivou, casou, foi um processo rápido, mas natural. Deus parece que coloca tudo no lugar, encontro de alma gêmeas. Pensamos bastante sobre o próximo passo, que é ter filhos.Tudo nela me encanta, ela é a mulher mais carinhosa, mais linda, é a mulher da minha vida”, se declarou o produtor. IZA retribuiu: “Te amo, amor. Você é o homem da minha vida”.

Ainda no programa, IZA apresentou alguns hits da sua carreira, como: “Brisa” e “Evapora”. Numa conversa com o apresentador Faustão, a cantora desabafou sobre preconceito, representatividade e meritocracia. “Considero que estou numa posição muito privilegiada. Por conta da minha profissão, a questão do assédio, do racismo, fica velada, não some. As pessoas ficam com aquele receio de se expressar como elas gostariam. Mas sei que isso não acontecer comigo não significa que o racismo acabou”, afirmou.

A respeito de representatividade, IZA disse ainda que quando era criança lhe faltavam referências de pessoas negras na televisão. “Estamos caminhando, mas ainda temos muita coisa para fazer. Quando eu era criança, eu queria muito me ver na TV e, hoje, me vejo muito mais de mim nos lugares. Isso é a representatividade”, afirmou. “Quando a gente fala sobre meritocracia eu fico muito chateada, porque os caminhos, as oportunidades nunca foram as mesmas. Existe uma lacuna social de oportunidades e de preenchimento de vagas que é muito grande”, concluiu a cantora.

Durante o quadro, Faustão pediu para IZA relembrar os tempos em que fazia covers nas redes sociais e ela improvisou uma apresentação das faixas “Bad Romance”, de Lady Gaga, e “Whats My Name”, de Rihanna. Para ver a participação da cantora no programa clique aqui.