IZA
A cantora IZA (FOTO: Divulgação)

A cantora IZA foi uma das atrações do Criança Esperança deste sábado (dia 18), onde apresentou o clássico “Como Nossos Pais”, música composta por Belchior e eternizada na voz de Elis Regina. IZA apresentou a faixa ao lado de Gaby Amarantos, em sua primeira participação no evento beneficente. Sobre a importância de apresentar a faixa que possui forte tom político em um contexto social onde o Brasil está polarizado e flertando segundo as pesquisas eleitorais com a volta de um possível regime militar, IZA comentou que acredita que a faixa possa ganhar um novo significado para as atuais gerações.

VEJA TAMBÉM: Em homenagem a Luiz Melodia, Iza e Liniker apresentam “Negro Gato”

“A gente está ressignificando a música, acho que a gente tá dizendo que nós não somos os mesmos, que os paradigmas mudam, que a gente quebra as barreiras, que a gente evolui, ainda assim aprendendo muito com as gerações anteriores” explica.

Sobre as lembranças que têm na memória sobre o evento beneficente, IZA cita uma participação de Sandy e Júnior. “Lembro muito de um número do Renato Aragão com Sandy e Júnior, sou muito fã da dupla! É uma realização estar aqui, mais um passo na minha carreira” afirmou. “Eu sabia que todo mundo ia estar no Criança Esperança. Todos os artistas que eu gostava. E eu sempre esperava muito para a hora que Sandy e Júnior ia aparecer”.

Em relação a bagagem que traz ao evento com o tema representatividade acredita que nunca se falou tanto sobre o assunto como agora.

“As pessoas até acham que isso pode ser um pouco repetitivo, tem gente que fica com vergonha de perguntar essas coisas pra mim porque acham que perguntam sempre, mas eu acho que a gente tem que falar sobre essas coisas mesmo. É muito importante a gente aproveitar o local que a gente tá, com o microfone na mão, pra falar as coisas que realmente importam sabe? Eu tô aqui para me divertir, para fazer as coisas que eu mais amo, para pagar as minhas contas, mas também para informar porque eu acho que o microfone é uma arma sabe?” explica.

Sobre a influência de Aretha Franklin em sua carreira, IZA destaca que escutava muito a cantora por causa dos seus pais e que quando criança ela tentava imitar a rainha do soul norte-americana cantando “Respect”. “Acho que a gente perdeu uma grande estrela e eu sou muito grata por toda musicalidade que eu acabei absorvendo” afirma.

Já Gaby Amarantos revela que o fato de apresentar justamente “Como Nossos Pais” no evento é importante para sua carreira pois, a música fez parte de um momento especial de sua história.

“Na época do ‘Diretas Já’, eu tava no meio da rua protestando, e a polícia jogou uma bomba de pimenta na gente e eu meus colegas a gente se olhou e começou a cantar ‘Por isso cuidado meu bem há perigo na esquina’” revela a artista paraense explicando ainda que tinha o sonho de cantar a faixa na TV aberta.

Para conferir a apresentação de “Como Nossos Pais” das duas cantoras clique aqui.

(Com a colaboração do jornalista André Romano)