jao
O cantor paulista Jão (FOTO: Reprodução)

O cantor Jão rebateu as críticas que recebeu após o lançamento do clipe do single “Me Beija com Raiva”. Nas imagens, o artista aparece num clima de tensão durante um embate físico com um rapaz, porém apesar do título sugestivo da música, o vídeo acaba não trazendo nenhum beijo. O fato acabou frustrando parte do público.

VEJA TAMBÉM: Gloria Groove canta clássico de Christina Aguilera e evita comparações com Pabllo Vittar

Em seu perfil no Twitter, o músico respondeu às acusações de ser oportunista ao supostamente estar se aproveitando do chamado “pink money” (dinheiro da comunidade LGBT) para se autopromover. “se tem beijo: oooo pink money. se não tem beijo: ooooo arregão. AAAA me deixa fazer meus clipes caralho”, escreveu o cantor paulista.

O descontentamento aumentou pelo fato do intérprete ter falado sobre sua sexualidade abertamente pela primeira vez na última quinta-feira (dia 13), numa entrevista à revista GQ. Na
publicação, ele revelou que a letra da faixa é inspirada em uma desilusão amorosa que ele teve com outro rapaz.

“Escrevi essa música para um cara que fodeu meu coração”, revelou. “É legal que as pessoas saibam disso, que foi feito para um cara e que isso é uma coisa tão normal como qualquer outra que exista no mundo. Afinal, não deixa de ser sobre a raiva que eu sentia de mim por estar ali naquela situação, algo que todo mundo pode se identificar“, explicou.

VEJA TAMBÉM: Xuxa se emociona em programa de TV com versão jazz de Lua de Cristal; assista

Jão ainda classifica a canção como a música que mais exprime a sua carreira na música. “Tudo antes parecia um ensaio, este ano tive oportunidade de fazer as coisas do meu jeito e colher os frutos disso. Encerro com ‘Me Beija Com Raiva’ porque é a música que mais me representa como artista, como cantor. Apesar da sofrência, minhas últimas músicas eram mais irônicas. Agora é mais sério e mais intenso”, analisou.