Jão
O cantor paulista Jão (FOTO: Reprodução)

Poucos dias após divulgar seu novo single chamado “Vou Morrer Sozinho”, Jão lançou seu primeiro álbum em estúdio intitulado “Lobos” nesta sexta-feira (dia 17). Como anunciado pelo artista, as letras do disco revelam algumas das suas inseguranças mais íntimas.

“Todas as coisas que eu odiava em mim quiseram vir pra cima. Só que, em vez de suprimir tudo mais uma vez, eu resolvi botar para fora cantando. […] No meio dessa confusão de juventude e sofrimento, foi estranho perceber que essas coisas que um dia tentei esconder de mim por tanto tempo, mesmo que não tão bonitas assim, eram minha verdade mais pura e fazem parte do que realmente sou”, escreveu Jão em uma carta publicada aos fãs.

VEJA TAMBÉM: Em homenagem a Luiz Melodia, IZA e Liniker apresentam “Negro Gato”

Confira abaixo. Escute:

Jão lança clipe para o seu mais novo single, assista “Vou Morrer Sozinho”

O cantor paulista Jão lançou nesta terça-feira (14), o clipe da canção “Vou Morrer Sozinho” presente no seu álbum Lobos. O novo single sucede a faixa “Imaturo” lançada pelo cantor em janeiro.

Na nova canção, Jão lamenta se envolver em “amores fáceis” e acabar se envolvendo com pessoas que não lhe dão seu devido valor.

Fiz questão de trazer elementos bastante brasileiros para a composição e tratar esse tema de uma maneira mais descontraída e irônica. É a música mais ‘feliz’ do álbum, o que não significa que ela seja essencialmente feliz”, afirmou Jão.

Confira abaixo:

O vídeo tem direção de Pedro Tófani, o mesmo responsável pelo clipe de “Imaturo”.

Com o apoio dos fãs, o tópico #VouMorrerSozinho alcançou o 1º lugar nos assuntos mais comentados do Twitter. Este é o primeiro single do álbum de estreia de Jão, “Lobos”, que será lançado pela Universal Music. “É um sarcasmo assim de quem ri para não chorar, e é a música mais feliz do álbum”, diz o cantor.

Jão declara que quis construir um álbum honesto em sua apresentação ao grande pública. “Todas as coisas que eu odiava em mim quiseram vir pra cima. Só que, em vez de suprimir tudo mais uma vez, resolvi botar pra fora cantando. Foram aparecendo os medos, as inseguranças, as decepções por ter uma ambição gigante, as bebedeiras, os amores que eu perdi e os que nunca foram meus”, escreveu.